Conheça o tratamento não cirúrgico

“Tratamento sem cirurgia para pacientes com lesões de joelho e quadril”

Baseado em uma tendência mundial de “prática baseada em evidências”, o fisioterapeuta Dr. Thiago Fukuda empregou toda sua experiência de quase 10 anos à frente do Grupo de Fisioterapia em Joelho, Quadril e Esporte da Santa Casa de São Paulo (ISCMSP), bem como de suas mais de 40 publicações nacionais e internacionais nas melhores revistas científicas do mundo para elaborar protocolos ou métodos de tratamento de disfunções das articulações dos membros inferiores! Estas técnicas cientificamente comprovadas têm sido aplicadas em pacientes com artrose, tendinites, tendinopatias, condromalácea patelar, lesões de menisco, impacto femoroacetabular no quadril, bem como em reabilitação pós-operatória de reconstrução de LCA ou próteses de joelho e quadril.

Estes protocolos são baseados inicialmente em alívio da dor, relaxamento muscular, recursos anti-inflamatórios e estabilização segmentar. Em uma fase posterior, os pacientes evoluem para fortalecimento muscular específico e melhora de equilíbrio e gesto esportivo (quando atletas).

De uma forma geral, o protocolo segue algumas fases:

  • Fase 1: Eletrotermofototerapia

Foto (Nosso tratamento - Fase I)

Recursos como Laser de baixa intensidade e Terapia combinada são aplicados ao paciente com objetivo de alívio da dor, diminuição da inflamação e relaxamento muscular.

  • Fase 2: Terapia manual e Estabilização segmentar

Foto (Nosso tratamento - Fase II-A)Foto (Nosso tratamento - Fase II-B)

Nesta fase, usamos técnicas de terapia manual como pressão isquêmica e mobilização articular com objetivo de melhorar o movimento e diminuir os espasmos musculares protetores. Em associação a estas técnicas, iniciamos exercícios de fortalecimento de músculos específicos de estabilização, também conhecidos como “estabilização segmentar”.

  • Fase 3: Fortalecimento, Equilíbrio e Correção biomecânica

Foto (Nosso tratamento - Fase III)

Na fase final dos protocolos, intensificamos os exercícios de fortalecimento e sensório-motor, principalmente dos músculos-chave do controle da postura e movimento como glúteo máximo, médio, piriforme, gêmeos e obturadores (complexo póstero-lateral). Por fim, realizamos uma análise da postura estática e dinâmica para guiar o treino funcional.

 

Tratamento em quem já fez cirurgia

Além da excelência em tratamento não cirúrgico de diversas lesões do joelho e quadril, nossa equipe também atua em pacientes que foram submetidos a cirurgias como artroscopias para reconstruções ligamentares (ligamento cruzado anterior – LCA, ligamento cruzado posterior – LCP ou ligamentos colaterais), lesões meniscais ou cirurgias abertas como artroplastias (próteses de joelho e quadril).

Os protocolos foram baseados na experiência do fisioterapeuta Dr. Thiago Fukuda de quase 10 anos à frente do Grupo de Fisioterapia em Joelho e Quadril da Santa Casa de São Paulo (ISCMSP), resultando inclusive em mais de 40 publicações nacionais e internacionais nas revistas científicas mais importantes do mundo como Journal of Sports Physical Therapy – JOSPT e American Journal of Sports Medicine – AJSM.