Dor nos joelhos: causas e tratamento

A partir do momento em que colocamos muita carga sobre os joelhos por meio de atividade física ou do sobrepeso, aparecem os problemas. O joelho é composto pelo osso da coxa (fêmur), que tem uma base constituída de duas saliências arredondadas (côndilos), assentados na parte superior e relativamente plana da tíbia. A patela é um osso pequeno e arredondado que fica sobre o sulco vertical entre os côndilos e dá força à articulação.

A dor no joelho geralmente desaparece após o tratamento, mas se o paciente estiver acima do peso ou apresentar desalinhamentos no membro inferior, pode trazer maiores riscos de recidiva. Ela pode ser causada por inúmeros problemas: artrite, artrose, bursites, tendinites, luxação patelar, lesões meniscais ou ligamentares no joelho, rompimento da cartilagem, desgaste, distensão, infecção articular, síndrome da banda iliotibial, entre outros.

Na maioria dos casos, o tratamento é conservador, sem cirurgia, e envolve atividade física e acompanhamento de um fisioterapeuta e médico. O tratamento fisioterapêutico pode ser um aliado para avaliar a dor, melhora da força, equilíbrio e coordenação, já que o especialista irá trabalhar com os movimentos necessários para recuperar o joelho.

Cuidados especiais

. Só use calçados baixos e que possuam um bom sistema de amortecimento.

. Tente não ficar de pé por muito tempo.

. Coloque um travesseiro entre os joelhos ao dormir.

. Procure fortalecer os músculos dos joelhos e quadris com exercícios físicos orientados.

. Faça aquecimento antes de se exercitar.

. Se houver inchaço, levante ao máximo o joelho e use compressas de gelo.

. Se houver inflamação, aplique gelo três a quatro vezes ao dia.

. Procure estar sempre no seu peso ideal.

. Evite atividades que possam agravar a dor no joelho.

 

Fonte: Prof. Dr. Thiago Fukuda (PhD) – Fisioterapeuta e diretor-clínico do Instituto Trata – Joelho e Quadril. Fisioterapeuta da Seleção Brasileira de Futebol Feminino, Doutor em Ciências pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) e Postdoc pela University of Southern California (USC) – EUA. Membro da Sociedade Nacional de Fisioterapia Esportiva (SONAFE) e tem mais de 60 publicações científicas nacionais e internacionais na área de Reabilitação Ortopédica e Esportiva.

 

Acesse o link do Portal Gazeta Esportiva: https://vidasaudavel.gazetaesportiva.com/bem-estar/dor-nos-joelhos-causas-e-tratamento/

Atualmente é diretor-clínico do Instituto TRATA – Joelho e Quadril.

Graduado em Fisioterapia no ano de 2001 e Especialista (pós-graduação) em Fisioterapia neuro-musculo-esquelética pela Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo – ISCMSP (2003)

Mestre em Engenharia Biomédica pela Universidade de Mogi das Cruzes – UMC (2006)

Doutor em Ciências pelo programa de Cirurgia e Experimentação da Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP (2011)

Pós-doutorado (post doc) em Biomecânica pela University of Southern California – USC (2013)

Docente da graduação do Centro Universitário São Camilo – CUSC e Fisioterapeuta da Seleção Brasileira de Futebol Feminino

Foi Professor Adjunto da pós-graduação em Fisioterapia musculo-esquelética – ISCMSP e Supervisor do Grupo de Joelho, Quadril, Traumatologia Esportiva e Ortopedia Pediátrica – ISCMSP

Vencedor dos prêmios EXCELLENCE IN RESEARCH AWARD pelo melhor artigo publicado no ano de 2010 e EXCELLENCE IN CLINICAL INQUIRY no ano de 2011 no Journal of Orthopaedic and Sports Physical Therapy (JOSPT).

Membro da Sociedade Nacional de Fisioterapia Esportiva (SONAFE). Tem mais de 60 publicações nacionais e internacionais com ênfase em Reabilitação em Ortopedia e Traumatologia, Joelho e Quadril, Traumatologia esportiva e Eletrotermofototerapia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *