Descubra qual é a enfermidade que mais acomete o quadril

quadril-enfermidadesUma pessoa que caminha, corre e exercita normalmente, de repente, começa sentir uma dor que começa na virilha irradiando para o quadril. O que pode ser? Dependendo da idade ela pode estar com uma artrose no quadril, visto que é uma das enfermidades que mais atinge o quadril.  A doença acomete cartilagem articular, sendo caracterizada pela neoformação óssea nas superfícies e margens ósseas.

O problema atinge em média de 5 a 10% da população, preferencialmente as mulheres com idade superior a 55 anos.
Embora essa patologia seja provocada pela deterioração da cartilagem, alguns fatores podem estar envolvidos no surgimento da doença. Entre eles: a idade avançada, obesidade, sobrecarga articular, displasia (alterações morfológicas) do quadril, sequelas de traumas, doenças inflamatórias articulares e processos infecciosos.
A dor é o principal sintoma
Os primeiros sintomas podem ser um leve desconforto na região da coxa ou no joelho. Com o passar do tempo à dor pode intensificar e causar rigidez. Quando finalmente o tecido cartilaginoso está desgastado, o movimento passa ser muito doloroso.

Portanto, quando sentir dores fortes nessa região é importante procurar um médico ou fisioterapeuta para que seja realizado um exame detalhado em todo o corpo, avaliando os movimentos das articulações e a qualidade da marcha.
Fisioterapia para artrose
Uma pesquisa feita pelas Sociedades Brasileiras de Ortopedia, Traumatologia e de Reumatismo aponta que 10 milhões de brasileiros sofrem de artrose, porém apenas 40% se tratam. Para controlá-la, a fisioterapia está entre os tratamentos mais indicados.

A fisioterapia tem a finalidade de desenvolver uma série de exercícios apropriados para aliviar a dor e melhorar função. Além disso, o tratamento visa o alívio da rigidez, aumento da flexibilidade e a força muscular.
As sessões devem ser feitas preferencialmente todos pelo menos duas a três vezes por semana.
O tratamento pode contar com aparelhos como ultrasson, ondas curtas, laser, magnetoterapia, bolsas de gelo ou de calor, para diminuir a dor e a inflamação. As técnicas manuais também podem ser trabalhadas no paciente com alongamentos e mobilizações articulares para manter as articulações devidamente irrigadas e alinhadas.
De acordo com os especialistas, pessoas de todas as idades podem ter problemas no quadril, mas nos jovens, é mais comum ocorrer a artrite reumatoide, uma doença causada por uma alteração no sistema imunológico.