Como é feito a Baropodometria (Teste Computadorizado da Pisada)?

A baropodometria ou teste da pisada é um exame de alta tecnologia que é essencial em diversas áreas da saúde, proporcionando um diagnóstico preciso e auxiliando na elaboração de tratamentos personalizados para melhorar a qualidade de vida dos pacientes.

Descubra mais sobre esse exame no artigo a seguir.

Agendar sua Avaliação

O que é a Baropodometria (Teste Computadorizado da Pisada)?

foto de baropodometria

A baropodometria, também conhecida como teste da pisada, é um exame que avalia as pressões plantares, ou seja, a pressão exercida sob a planta dos pés durante o apoio.

Este exame utiliza uma plataforma equipada com sensores conectados a um computador para medir e quantificar essas pressões em diferentes partes do pé.

Agendar sua Avaliação

Quais são os objetivos da Baropodometria?

Os principais objetivos desse exame incluem:

Diagnosticar o tipo de pisada

Identificar se a pisada é neutra, pronada ou supinada, o que pode influenciar na escolha de calçados adequados e palmilhas ortopédicas personalizadas.

Avaliar pressões plantares

Medir a distribuição das pressões exercidas pelo pé durante o apoio, tanto estático quanto dinâmico, ajudando a detectar áreas de maior carga que podem estar associadas a dores ou lesões.

Prevenir lesões

Analisar a mecânica da marcha para identificar padrões que possam predispor a lesões musculoesqueléticas, especialmente em atletas e pessoas com atividades físicas intensas.

Planejar tratamentos personalizados

Fornecer dados precisos para a criação de palmilhas ortopédicas personalizadas e outras intervenções terapêuticas, visando corrigir desvios posturais e melhorar o alinhamento corporal.

Monitorar evolução de tratamentos

Acompanhar a eficácia de tratamentos aplicados, como o uso de palmilhas ortopédicas, fisioterapia ou reabilitação, permitindo ajustes conforme necessário.

Apoiar diagnósticos clínicos

Complementar outros exames clínicos e de imagem no diagnóstico de problemas ortopédicos, neurológicos e posturais.

Melhorar a qualidade de vida

Reduzir dores, corrigir posturas inadequadas e melhorar a performance física, resultando em uma melhor qualidade de vida para o paciente.

Orientar calçados apropriados

Auxiliar na recomendação de calçados específicos para cada tipo de pisada, prevenindo desconforto e melhorando a biomecânica do caminhar e correr.

Onde fazer o teste de pisada?

O exame de baropodometria computadorizada, ou teste de pisada, pode ser realizada em diversas clínicas e centros especializados na área de saúde, principalmente aqueles focados em ortopedia, fisioterapia, podologia e medicina esportiva.

Como é feito o teste de pisada?

foto de baropodometria

O teste de pisada, conhecido tecnicamente como baropodometria computadorizada, é realizado para avaliar a distribuição das pressões plantares e a biomecânica dos pés.

Esse exame é simples e indolor, sendo conduzido em um ambiente clínico especializado.

Inicialmente, o paciente é solicitado a ficar descalço e a posicionar-se sobre uma plataforma equipada com sensores de pressão.

Esses sensores estão conectados a um computador que registra e analisa os dados de contato dos pés com a superfície.

O exame pode ser dividido em duas partes: estática e dinâmica.

Na avaliação estática, o paciente permanece parado sobre a plataforma por alguns segundos.

Durante esse período, os sensores capturam informações sobre a distribuição das pressões nos pés em repouso, permitindo identificar pontos de maior carga que podem indicar problemas posturais ou alterações anatômicas.

A seguir, é realizada a análise dinâmica durante a marcha do paciente sobre a plataforma.

Enquanto caminha, os sensores registram a sequência de movimentos dos pés e a distribuição das pressões durante o ciclo da marcha.

Esta etapa é crucial para entender como os pés se comportam em movimento, identificando padrões de pisada, como pronação (quando a parte interna do calcanhar toca o chão primeiro) ou supinação (quando a parte externa do calcanhar toca o chão primeiro).

Os dados coletados são então processados pelo software especializado, gerando gráficos e relatórios detalhados.

Com essas informações, o profissional de saúde, como um fisioterapeuta ou ortopedista, pode analisar a funcionalidade dos pés, diagnosticar possíveis disfunções e recomendar intervenções adequadas.

Essas intervenções podem incluir o uso de palmilhas ortopédicas personalizadas, ajustes na escolha de calçados ou a indicação de exercícios específicos para corrigir desvios posturais e melhorar a biomecânica da marcha.

Dessa forma esse exame se torna uma ferramenta poderosa para prevenir lesões, tratar dores e melhorar a qualidade de vida dos pacientes, proporcionando um entendimento detalhado da função dos pés e sua relação com a postura geral do corpo.

O tratamento que vai devolver a saúde dos seus membros inferiores

A base da proposta do Instituto TRATA está centrada na ideia de inovação no tratamento das extremidades inferiores, abrangendo quadril, joelho e pé. A asseguração de resultados eficazes espelha os métodos seguidos pela equipe:

Avaliação clínica detalhada

O paciente passa por uma avaliação clínica detalhada realizada por um especialista da equipe. Esse inicial procedimento possibilita uma orientação direcionada ao tratamento, considerando o quadro individual de cada paciente.

 Fisioterapia ortopédica e esportiva: avaliação

Avaliação cinemática dos movimentos do corpo

Posteriormente, o paciente passa por uma avaliação cinemática dos movimentos corporais. O objetivo é examinar a organização dos ossos e músculos em resposta à gravidade e às forças que atuam no corpo humano. Para essa finalidade, empregamos um software especializado de análise de movimento chamado TrataScan. Sua tecnologia avançada permite identificar quaisquer alterações na força ou funcionalidade das estruturas que podem resultar em quadros inflamatórios ou dolorosos, por exemplo.

Durante essa fase, é possível avaliar assimetrias, padrões motores, lesões associadas, presença de compensações e determinar quais estruturas necessitam de intervenção.

 Fisioterapia ortopédica e esportiva: avaliação cinemática 2D

Protocolo de tratamento das lesões dos membros inferiores

A etapa final envolve a implementação do protocolo de tratamento para lesões nas extremidades inferiores, desenvolvido pela rede e embasado em evidências científicas.

A atenção é direcionada para o alinhamento biomecânico das extremidades inferiores, visando aprimorar a condição do paciente (evitando recidivas) e, consequentemente, proporcionar uma maior qualidade de vida.

 Fisioterapia ortopédica e esportiva: exercício de fortalecimento

Não há um atendimento padronizado. Analisamos as necessidades individuais de cada paciente e desenvolvemos a abordagem de tratamento mais adequada para cada caso.

A incorporação da tecnologia é uma parte integral do nosso programa de tratamento, com o propósito de proporcionar aos pacientes as mais avançadas técnicas no tratamento conservador de Fisioterapia.

Agendar sua Avaliação

Esse Guia Exclusivo foi elaborado pelos Fisioterapeutas do maior grupo especializado da América Latina.

Preencha os dados para receber acesso de forma segura: