Como saber se rompi o ligamento do joelho?

Identificar um rompimento do ligamento do joelho pode ser crucial para buscar tratamento adequado e evitar complicações.

Nesse artigo você vai descobrir alguns sinais e sintomas que podem indicar um possível rompimento do ligamento.

Agendar sua Avaliação

Quais são os ligamentos do joelho?

foto de como saber se rompi o ligamento do joelho

O joelho é uma articulação complexa suportada por diversos ligamentos essenciais para sua estabilidade e funcionamento.

Os principais ligamentos do joelho são:

Agendar sua Avaliação

Ligamento Cruzado Anterior (LCA)

Este ligamento está localizado na parte central do joelho e conecta a parte posterior do fêmur à parte anterior da tíbia.

Ele é crucial para prevenir o deslocamento anterior da tíbia em relação ao fêmur.

Ligamento Cruzado Posterior (LCP)

Localizado também no centro do joelho, conecta a parte anterior do fêmur à parte posterior da tíbia, impedindo o deslocamento posterior da tíbia em relação ao fêmur.

Ligamento Colateral Medial (LCM)

Situado na parte interna do joelho, conecta o fêmur à tíbia.

Sua função principal é estabilizar o joelho contra forças aplicadas do lado de fora da perna (valgo).

Ligamento Colateral Lateral (LCL)

Localizado na parte externa do joelho, conecta o fêmur à fíbula.

Ele estabiliza o joelho contra forças aplicadas do lado interno da perna (varo).

Ligamento Patelar

Este ligamento liga a base da patela à tuberosidade da tíbia e é uma extensão do tendão do quadríceps.

Ele desempenha um papel importante na extensão do joelho.

O que pode causar o rompimento do ligamento do joelho?

O rompimento dos ligamentos do joelho pode ser causado por diversos fatores, geralmente relacionados a trauma ou sobrecarga na articulação.

Alguns dos principais motivos incluem:

Trauma direto

Golpes diretos no joelho, como aqueles sofridos em acidentes de carro ou durante esportes de contato (futebol, rugby, etc.), podem causar lesões significativas nos ligamentos.

Rotação excessiva

Movimentos bruscos de rotação, especialmente quando o pé está fixo no chão e o corpo gira, podem levar ao rompimento dos ligamentos cruzados (anterior e posterior).

Mudanças rápidas de direção

Esportes que envolvem mudanças rápidas de direção e movimentos laterais (como basquete, futebol e tênis) aumentam o risco de ruptura do Ligamento Cruzado Anterior (LCA).

Saltos e aterrissagens inadequadas

Realizar saltos e aterrissagens de maneira inadequada, com uma técnica ruim ou em superfícies instáveis, pode colocar muita pressão nos ligamentos, levando ao rompimento.

Desgaste degenerativo

O desgaste natural dos ligamentos com o envelhecimento pode enfraquecer essas estruturas, tornando-as mais suscetíveis a lesões, mesmo com atividades do dia a dia.

Desbalanceamento muscular

Músculos desequilibrados ao redor do joelho podem causar uma distribuição inadequada da força, resultando em maior pressão sobre os ligamentos.

Técnica inadequada em atividades físicas

Técnicas inadequadas durante a prática de exercícios físicos, como levantamento de peso ou corridas, podem contribuir para o estresse excessivo nos ligamentos.

Fatores genéticos

Algumas pessoas podem ter predisposição genética para ligamentos mais frouxos ou frágeis, aumentando o risco de rupturas.

Obesidade

O excesso de peso coloca mais pressão sobre os joelhos, aumentando o risco de lesões nos ligamentos.

Onde dói quando rompe o ligamento do joelho?

foto de como saber se rompi o ligamento do joelho

O rompimento de um ligamento do joelho é geralmente acompanhado de dor intensa e aguda.

A localização e a intensidade da dor podem variar dependendo do ligamento específico que foi lesionado.

Ligamento Cruzado Anterior (LCA)

Localização da dor: Principalmente na parte anterior (frontal) e central do joelho.

Características da dor: Normalmente uma dor aguda e intensa no momento da lesão, muitas vezes descrita como uma sensação de “estalo” ou “pipoco”. Pode ser seguida por inchaço.

Ligamento Cruzado Posterior (LCP)

Localização da dor: Na parte posterior do joelho.

Características da dor: Dor profunda e difusa na parte de trás do joelho. Pode haver menos inchaço imediato comparado ao LCA, mas a dor pode aumentar com o tempo.

Ligamento Colateral Medial (LCM)

Localização da dor: Na parte interna do joelho.

Características da dor: Dor ao longo da parte interna do joelho, geralmente acompanhada de inchaço e sensibilidade ao toque. Movimentos laterais do joelho aumentam a dor.

Ligamento Colateral Lateral (LCL)

Localização da dor: Na parte externa do joelho.

Características da dor: Dor ao longo da parte externa do joelho. Pode haver inchaço e sensibilidade, especialmente ao realizar movimentos laterais.

Ligamento Patelar

Localização da dor: Na frente do joelho, abaixo da patela.

Características da dor: Dor aguda localizada logo abaixo da rótula (patela). Pode haver dificuldade em estender o joelho.

Como saber se estou com o ligamento rompido?

Além da dor, como foi descrito no tópico anterior, outros sintomas comuns associados ao rompimento de ligamentos do joelho incluem:

  • Inchaço: Frequentemente ocorre logo após a lesão.
  • Instabilidade: Sensação de que o joelho está “cedendo” ou “falhando”.
  • Perda de Movimento: Dificuldade em mover o joelho completamente devido à dor e inchaço.
  • Hematomas: Podem aparecer ao redor do joelho alguns dias após a lesão.

Como funciona o diagnóstico do rompimento do ligamento do joelho?

foto de como saber se rompi o ligamento do joelho

O diagnóstico do rompimento do ligamento do joelho é um processo minucioso que combina a coleta de histórico médico, exame físico e exames de imagem.

Essa abordagem abrangente é essencial para assegurar um diagnóstico preciso e permitir a elaboração de um plano de tratamento adequado, visando a recuperação completa do paciente.

Como funciona o tratamento?

O tratamento de rompimentos de ligamentos do joelho, como o Ligamento Cruzado Anterior (LCA) ou o Ligamento Cruzado Posterior (LCP), pode variar dependendo da gravidade da lesão, da idade do paciente, do nível de atividade física e dos objetivos de reabilitação.

A seguir, explicamos como funciona esse processo.

Tratamento conservador

foto de como saber se rompi o ligamento do joelho

Para lesões parciais o tratamento conservador pode ser uma opção viável.

  • Gelo: Aplicar gelo na área afetada por 15-20 minutos várias vezes ao dia ajuda a reduzir o inchaço e a dor.
  • Fisioterapia: Um programa de fisioterapia personalizado é crucial no tratamento conservador. Exercícios de fortalecimento muscular, especialmente dos músculos ao redor do joelho, e exercícios de amplitude de movimento são essenciais para estabilizar a articulação e melhorar a função.

Tratamento cirúrgico

Para lesões completas, especialmente em pacientes jovens e ativos ou atletas, a cirurgia é frequentemente recomendada.

  • Reconstrução do ligamento: A técnica cirúrgica mais comum é a reconstrução do ligamento, em que um enxerto de tecido é usado para substituir o ligamento rompido. Os enxertos podem ser retirados de tendões do próprio paciente (autólogo) ou de um doador (alogênico).
  • Artroscopia: A maioria das cirurgias de reconstrução de ligamentos é realizada por meio de artroscopia, um procedimento minimamente invasivo que utiliza pequenas incisões e uma câmera para guiar a reparação.
  • Pós-operatório: Após a cirurgia, o paciente geralmente usa uma órtese para proteger o joelho e pode ser necessário o uso de muletas. A reabilitação pós-cirúrgica é intensiva e envolve fisioterapia para recuperar a força, flexibilidade e estabilidade do joelho.

Reabilitação

foto de como saber se rompi o ligamento do joelho

A reabilitação é uma parte vital tanto do tratamento conservador quanto do pós-operatório.

  • Fase inicial: Foco na redução do inchaço, controle da dor e recuperação da amplitude de movimento. Exercícios passivos e atividades leves são introduzidos gradualmente.
  • Fase intermediária: Enfatiza o fortalecimento muscular, especialmente dos quadríceps e isquiotibiais, e o treinamento de equilíbrio.
  • Fase avançada: Inclui exercícios de fortalecimento mais intensos, treinamento funcional e atividades específicas para esportes ou tarefas diárias. O objetivo é recuperar completamente a função do joelho e prevenir futuras lesões.
  • Retorno às atividades: O retorno às atividades normais ou esportes é gradual e só deve ser considerado quando o paciente tiver recuperado a força, flexibilidade e estabilidade adequadas, geralmente após 6 a 12 meses de reabilitação.

O tratamento que vai devolver a saúde dos seus membros inferiores

A base da proposta do Instituto TRATA está centrada na ideia de inovação no tratamento das extremidades inferiores, abrangendo quadril, joelho e pé. A asseguração de resultados eficazes espelha os métodos seguidos pela equipe:

Avaliação clínica detalhada

O paciente passa por uma avaliação clínica detalhada realizada por um especialista da equipe. Esse inicial procedimento possibilita uma orientação direcionada ao tratamento, considerando o quadro individual de cada paciente.

 Fisioterapia ortopédica e esportiva: avaliação

Avaliação cinemática dos movimentos do corpo

Posteriormente, o paciente passa por uma avaliação cinemática dos movimentos corporais. O objetivo é examinar a organização dos ossos e músculos em resposta à gravidade e às forças que atuam no corpo humano. Para essa finalidade, empregamos um software especializado de análise de movimento chamado TrataScan. Sua tecnologia avançada permite identificar quaisquer alterações na força ou funcionalidade das estruturas que podem resultar em quadros inflamatórios ou dolorosos, por exemplo.

Durante essa fase, é possível avaliar assimetrias, padrões motores, lesões associadas, presença de compensações e determinar quais estruturas necessitam de intervenção.

 Fisioterapia ortopédica e esportiva: avaliação cinemática 2D

Protocolo de tratamento das lesões dos membros inferiores

A etapa final envolve a implementação do protocolo de tratamento para lesões nas extremidades inferiores, desenvolvido pela rede e embasado em evidências científicas.

A atenção é direcionada para o alinhamento biomecânico das extremidades inferiores, visando aprimorar a condição do paciente (evitando recidivas) e, consequentemente, proporcionar uma maior qualidade de vida.

 Fisioterapia ortopédica e esportiva: exercício de fortalecimento

Não há um atendimento padronizado. Analisamos as necessidades individuais de cada paciente e desenvolvemos a abordagem de tratamento mais adequada para cada caso.

A incorporação da tecnologia é uma parte integral do nosso programa de tratamento, com o propósito de proporcionar aos pacientes as mais avançadas técnicas no tratamento conservador de Fisioterapia.

Agendar sua Avaliação

Esse Guia Exclusivo foi elaborado pelos Fisioterapeutas do maior grupo especializado da América Latina.

Preencha os dados para receber acesso de forma segura: