Como saber se a dor constante no joelho é grave?

A dor constante no joelho pode ser um sinal de uma condição subjacente que pode variar de leve a grave. Ignorar essa dor ou deixá-la sem tratamento pode levar a complicações mais sérias.

Confira no artigo a seguir algumas razões pelas quais a dor persistente no joelho pode ser motivo de preocupação.

Agendar sua Avaliação

foto de dor constante no joelho

O que pode ser uma dor constante no joelho?

A dor constante no joelho é um problema comum que pode afetar pessoas de todas as idades, interferindo na capacidade de realizar atividades diárias e impactando a qualidade de vida.

Diversas condições e fatores podem ser responsáveis por essa dor persistente.

Agendar sua Avaliação

Algumas das causas mais comuns incluem:

foto de dor constante no joelho

Osteoartrite

A osteoartrite é uma condição degenerativa que ocorre quando a cartilagem que protege as extremidades dos ossos se desgasta ao longo do tempo.

É uma causa comum de dor constante no joelho, especialmente em adultos mais velhos.

Os sintomas incluem rigidez, inchaço e perda de mobilidade.

Lesão de Menisco

Os meniscos são pedaços de cartilagem em forma de C que atuam como amortecedores entre o fêmur e a tíbia.

Uma lesão de menisco pode ocorrer devido a um movimento brusco de torção ou rotação do joelho, causando dor, inchaço e dificuldade para movimentar a articulação.

Tendinite Patelar

Também conhecida como joelho de saltador, a tendinite patelar é uma inflamação do tendão que conecta a patela (rótula) à tíbia.

Esta condição é comum em atletas que realizam movimentos repetitivos de salto ou corrida.

A dor é geralmente localizada na parte frontal do joelho, logo abaixo da rótula.

Síndrome da Dor Patelofemoral

Esta síndrome, também chamada de joelho de corredor, é causada pela irritação da cartilagem sob a patela.

É comum em corredores e atletas, mas pode afetar qualquer pessoa.

A dor tende a piorar ao subir escadas, agachar-se ou após longos períodos sentado.

Bursite do Joelho

A bursite é a inflamação das bolsas de líquido (bursas) que amortecem os tendões e ligamentos ao redor da articulação do joelho.

Quando estas bolsas ficam irritadas, podem causar inchaço e dor, dificultando os movimentos.

Artrite Reumatoide

A artrite reumatoide é uma doença autoimune que provoca inflamação nas articulações.

Pode afetar ambos os joelhos, causando dor constante, inchaço e rigidez.

Esta condição pode levar à destruição gradual da articulação se não for tratada adequadamente.

Lesão do Ligamento Cruzado Anterior (LCA)

Uma lesão do LCA é uma ruptura ou estiramento do ligamento cruzado anterior, um dos principais ligamentos do joelho.

Esse tipo de lesão é comum em esportes que envolvem mudanças súbitas de direção, como futebol e basquete.

A dor é intensa e pode ser acompanhada de instabilidade na articulação.

Gota

A gota é uma forma de artrite caracterizada pelo acúmulo de cristais de ácido úrico nas articulações, incluindo o joelho.

A dor é intensa e pode ser acompanhada de inchaço, vermelhidão e calor na área afetada.

Fraturas

Uma fratura nos ossos do joelho, causada por trauma ou osteoporose, pode resultar em dor constante.

Fraturas exigem diagnóstico e tratamento imediato para evitar complicações.

O que fazer quando a dor no joelho não passa?

Ignorar a dor no joelho ou deixá-la sem tratamento pode levar a complicações mais sérias. Buscar ajuda especializada é fundamental para obter um diagnóstico preciso e um tratamento eficaz.

Ao consultar um especialista, você pode não apenas aliviar a dor, mas também prevenir complicações futuras e melhorar sua qualidade de vida.

Você deve considerar procurar um especialista se:

foto de dor constante no joelho

  • A dor no joelho persiste por mais de uma semana;
  • A dor é intensa e impede a realização das atividades diárias;
  • Há inchaço significativo ou calor ao redor da articulação;
  • Você não consegue suportar peso ou mover o joelho normalmente;
  • Há sinais de infecção, como vermelhidão, febre ou drenagem de líquido.

Como funciona o tratamento especializado para dor crônica no joelho?

O diagnóstico e tratamento especializado para dor no joelho envolvem uma abordagem abrangente e personalizada. Desde o exame físico e exames de imagem até tratamentos não cirúrgicos e, quando necessário, intervenções cirúrgicas, cada passo é projetado para identificar a causa específica da dor e restaurar a função do joelho.

Confira um pouco de como funciona um plano de tratamento personalizado:

Diagnóstico Especializado

Histórico Médico e Exame Físico

foto de dor constante no joelho

  • Histórico Médico

O especialista começará com uma avaliação detalhada do histórico médico do paciente, incluindo quaisquer lesões anteriores, atividades físicas e sintomas específicos.

  • Exame Físico

Em seguida, realizará um exame físico minucioso, avaliando a mobilidade do joelho, a presença de inchaço, sensibilidade e qualquer limitação nos movimentos.

Exames de Imagem

foto de dor constante no joelho

  • Radiografia

Utilizada para verificar fraturas ósseas e alterações degenerativas, como osteoartrite.

  • Ressonância Magnética (RM)

Proporciona uma visão detalhada dos tecidos moles, como ligamentos, meniscos e tendões, ajudando a identificar lesões que não aparecem em radiografias.

  • Ultrassonografia

Útil para avaliar estruturas superficiais do joelho, como tendões e bursas.

  • Tomografia Computadorizada (TC)

Fornece imagens detalhadas dos ossos e pode ser usada em casos de fraturas complexas ou problemas articulares.

Exames Laboratoriais

  • Análises de Sangue

Podem ser solicitadas para detectar condições inflamatórias ou infecciosas, como artrite reumatoide ou gota.

  • Aspiração Articular

Em alguns casos, o especialista pode retirar líquido da articulação do joelho para análise laboratorial, especialmente se houver suspeita de infecção ou gota.

Tratamentos Não Cirúrgicos

Muitas pessoas acham que quase todos os casos de dores crônicas no joelho necessitam de cirurgia, mas, muitas vezes, a dor no joelho pode ser eficazmente gerenciada através de tratamentos não cirúrgicos.

foto de dor constante no joelho

Fisioterapia

Programas personalizados de fisioterapia ajudam a fortalecer os músculos ao redor do joelho, melhorar a flexibilidade e restaurar a função articular.

foto de dor constante no joelho

Técnicas como exercícios de fortalecimento, mobilidade, e modalidades de terapia manual são frequentemente usadas.

Injeções

Injeções de corticosteroides ou ácido hialurônico podem ser aplicadas diretamente na articulação do joelho para aliviar a dor e diminuir a inflamação.

Órteses e Suporte

Uso de órteses, como joelheiras ou palmilhas ortopédicas, pode ajudar a estabilizar o joelho e aliviar a pressão sobre a articulação.

Tratamentos Cirúrgicos

Embora tratamentos não cirúrgicos sejam frequentemente o primeiro passo, há situações em que a cirurgia se torna necessária para tratar a causa subjacente da dor.

foto de dor constante no joelho

Artroscopia

Procedimento minimamente invasivo que permite ao cirurgião examinar e reparar danos dentro da articulação do joelho, como lesões de menisco ou cartilagem.

Reconstrução de Ligamentos

Em casos de lesões graves de ligamentos, como o ligamento cruzado anterior (LCA), a cirurgia pode ser necessária para reconstruir o ligamento utilizando enxertos.

Osteotomia

Procedimento que envolve o corte e realinhamento dos ossos para aliviar a pressão sobre a articulação do joelho danificada.

Substituição Total ou Parcial do Joelho

Em casos de artrite avançada ou danos severos, a substituição articular pode ser necessária.

A substituição total envolve a remoção da superfície articular danificada e a implantação de próteses artificiais.

Como prevenir dores no joelho?

A dor no joelho pode limitar significativamente a qualidade de vida, impactando atividades diárias e desempenho esportivo. Felizmente, existem várias estratégias eficazes para prevenir dores no joelho, mantendo as articulações saudáveis e funcionando bem.

foto de dor constante no joelho

Manter um Peso Saudável

O excesso de peso coloca pressão adicional sobre os joelhos, aumentando o risco de problemas nas articulações.

Manter um peso corporal saudável reduz essa carga, prevenindo o desgaste da cartilagem e diminuindo a probabilidade de desenvolver osteoartrite.

Fortalecer os Músculos ao Redor do Joelho

Músculos fortes ao redor do joelho ajudam a estabilizar a articulação e absorver melhor os impactos. Focar no fortalecimento dos quadríceps, isquiotibiais e músculos da panturrilha é crucial.

Exercícios como agachamentos, extensões de pernas e exercícios com elásticos podem ser muito benéficos.

foto de dor constante no joelho

Praticar Mobilidades Regulares

Manter a flexibilidade dos músculos e tendões que cercam o joelho pode ajudar a prevenir lesões. Incorporar mobilidades regulares na sua rotina de exercícios ajuda a manter a amplitude de movimento e a evitar tensões musculares.

Mobilidades dos quadríceps, isquiotibiais e panturrilhas são especialmente importantes.

Usar Calçados Adequados

Calçados inadequados podem afetar a forma como você anda e correr, causando desalinhamento e sobrecarga nos joelhos. Use sapatos que ofereçam bom suporte e amortecimento adequado, especialmente durante atividades físicas.

Para atletas, o uso de calçados específicos para cada esporte é essencial.

Evitar Movimentos Repetitivos

Movimentos repetitivos e de alto impacto podem contribuir para lesões nos joelhos. Varie suas atividades físicas e incorpore exercícios de baixo impacto, como natação ou ciclismo, para dar um descanso aos joelhos.

É importante equilibrar diferentes tipos de exercícios para evitar sobrecarregar as mesmas articulações repetidamente.

Aumentar Gradualmente a Intensidade dos Exercícios

Quando iniciar uma nova atividade física ou aumentar a intensidade dos exercícios, faça isso de forma gradual. Um aumento repentino na intensidade ou duração do exercício pode sobrecarregar as articulações do joelho e levar a lesões.

Siga um plano de progressão que permita ao seu corpo se adaptar.

foto de dor constante no joelho

Prestar Atenção à Técnica de Exercício

Usar a técnica correta durante os exercícios é fundamental para prevenir lesões no joelho.

Se você pratica esportes ou atividades de alta intensidade, considere trabalhar com um treinador ou fisioterapeuta para garantir que você esteja executando os movimentos corretamente.

Escutar o Seu Corpo

Preste atenção aos sinais do seu corpo. Se você sentir dor no joelho durante uma atividade, pare imediatamente e busque ajuda especializada.

Fazer Exercícios de Baixo Impacto

Atividades de baixo impacto, como caminhada, ciclismo, natação e ioga, são gentis para os joelhos e ajudam a mantê-los saudáveis sem sobrecarregá-los.

Incorporar esses tipos de exercícios em sua rotina pode melhorar a resistência e prevenir dores nas articulações.

foto de dor constante no joelho

O tratamento que vai devolver a saúde dos seus membros inferiores

A base da proposta do Instituto TRATA está centrada na ideia de inovação no tratamento das extremidades inferiores, abrangendo quadril, joelho e pé. A asseguração de resultados eficazes espelha os métodos seguidos pela equipe:

Avaliação clínica detalhada

O paciente passa por uma avaliação clínica detalhada realizada por um especialista da equipe. Esse inicial procedimento possibilita uma orientação direcionada ao tratamento, considerando o quadro individual de cada paciente.

 Fisioterapia ortopédica e esportiva: avaliação

Avaliação cinemática dos movimentos do corpo

Posteriormente, o paciente passa por uma avaliação cinemática dos movimentos corporais. O objetivo é examinar a organização dos ossos e músculos em resposta à gravidade e às forças que atuam no corpo humano. Para essa finalidade, empregamos um software especializado de análise de movimento chamado TrataScan. Sua tecnologia avançada permite identificar quaisquer alterações na força ou funcionalidade das estruturas que podem resultar em quadros inflamatórios ou dolorosos, por exemplo.

Durante essa fase, é possível avaliar assimetrias, padrões motores, lesões associadas, presença de compensações e determinar quais estruturas necessitam de intervenção.

 Fisioterapia ortopédica e esportiva: avaliação cinemática 2D

Protocolo de tratamento das lesões dos membros inferiores

A etapa final envolve a implementação do protocolo de tratamento para lesões nas extremidades inferiores, desenvolvido pela rede e embasado em evidências científicas.

A atenção é direcionada para o alinhamento biomecânico das extremidades inferiores, visando aprimorar a condição do paciente (evitando recidivas) e, consequentemente, proporcionar uma maior qualidade de vida.

 Fisioterapia ortopédica e esportiva: exercício de fortalecimento

Não há um atendimento padronizado. Analisamos as necessidades individuais de cada paciente e desenvolvemos a abordagem de tratamento mais adequada para cada caso.

A incorporação da tecnologia é uma parte integral do nosso programa de tratamento, com o propósito de proporcionar aos pacientes as mais avançadas técnicas no tratamento conservador de Fisioterapia.

Agendar sua Avaliação

Esse Guia Exclusivo foi elaborado pelos Fisioterapeutas do maior grupo especializado da América Latina.

Preencha os dados para receber acesso de forma segura: