Dor No Quadril Na Gravidez: O Que Pode Ser E Como Tratar 

A gravidez é um período de muita expectativa para a mulher e quando ocorre dor no quadril na gravidez, muitas dúvidas podem surgir. 

Afinal, essa dor é normal? Quando a dor no quadril na gravidez é motivo de preocupação? Quais são as ações que podem minimizar essa dor? 

Agendar sua Avaliação

É sobre essas dúvidas que trataremos, confira! 

O que é a dor no quadril na gravidez?

mulher grávida em pé com as mãos no quadril com dor
A dor no quadril na gravidez é muito comum entre as grávidas.

O corpo da mulher sofre grandes alterações durante a gravidez. Afinal, o centro da gravidade no corpo feminino muda e maior peso é carregado na região abdominal, com o bebê. 

Com isso, toda musculatura do abdômen, das costas e também do quadril tem que se adaptar com essa nova configuração temporária. 

Agendar sua Avaliação

De fato, algumas dores acompanham a gestante durante o período da gravidez e podem se tornar mais agudas à medida que a gravidez evolui. 

Inclusive, a dor no quadril pode se tornar mais frequente a partir do 4o. mês de gestação, quando o útero começa a crescer bastante, para acomodar o bebê. 

Em algumas gestantes, as dores se tornam piores, pois há pinçamento do nervo ciático, mas essa dor pode diminuir à medida que o bebê muda de posição. 

A dor no quadril na gravidez recebe também o nome de dor pélvica gestacional e é causada por alguns fatores. 

Fatores que causam dor no quadril na gravidez

muler grávida em pé com uma mão na barriga, outra na parte de trás com dor no quadril
O aumento de peso é um dos fatores que causam a dor no quadril na gravidez.

Alguns fatores são os responsáveis pela dor no quadril na gravidez. 

1 – Aumento de peso 

Esse é, sem dúvida, o principal fator que leva à dor na região do quadril da gestante. 

É sabido que há uma margem de peso considerada ideal para a gestante adquirir durante a gestação. 

Infelizmente, muitas gestantes por diversos motivos acabam não cuidando da alimentação adequadamente, alimentando-se com alimentos ricos em carboidratos. 

O ditado popular “tem que comer por dois” já foi provado não ser verdadeiro e a gestante deve se alimentar com alimentos saudáveis, mantendo-se ativa durante toda a gestação. 

O ganho excessivo de peso faz com que a região do quadril ganhe uma sobrecarga, o que pode levar às dores na região. 

Inclusive, quanto mais peso a gestante ganhar, maior é o risco das dores piorarem. 

2 – Postura inadequada 

Com a gravidez, há uma tendência da coluna vertebral adaptar-se para suportar o peso da barriga. Dessa forma, a postura da gestante pode se tornar inadequada, o que faz com que o quadril tenha que suportar inadequadamente um peso excessivo. 

3 – Falta de fortalecimento muscular 

A região lombar é a que mais sofre com a gestação, justamente porque o posicionamento da barriga mais à frente, com o maior peso, tende a recair sobre a região lombar. 

Assim, essa é uma região que necessita de bom fortalecimento muscular. 

Quando a região lombar apresenta-se enfraquecida, com fragilidade muscular, a tendência é que as dores no quadril na gravidez sejam mais constantes. 

4 – Sedentarismo e retenção de líquidos 

No último trimestre da gestação, é bastante comum a reclamação da gestante sobre a retenção de líquidos, sobretudo nas pernas. 

Com isso, a movimentação torna-se mais difícil, obviamente aliada ao ganho de peso. 

Dessa forma, muitas gestantes acabam tornando-se mais sedentárias, não fazendo nenhuma movimentação física. 

Isso pode piorar sensivelmente as dores no quadril na gravidez, uma vez que dificulta a maior circulação sanguínea e favorece, ainda mais, o acúmulo de líquidos. 

5 – Preparação para o parto 

A região do quadril, à medida que a gestação caminha para o final, aumenta sua elasticidade, justamente para preparar o corpo para a passagem do bebê pelo canal vaginal. 

Com o aumento do útero e maior flexibilidade dos ossos e articulações na região do quadril, o organismo prepara-se para o parto normal. 

Isso faz com que a musculatura da região seja mais afetada, mas, por outro lado, é essencial essa preparação do organismo para o parto. 

Como tratar dor no quadril na gravidez

mulher com dor no quadril na gravidez sentada em bola de pilates
É possível aliviar a dor no quadril na gravidez com sessões de fisioterapia ou pilates.

A gravidez é um período único da vida de uma mulher, que deve ser cercado de cuidados. Portanto, não se pode simplesmente partir para a automedicação como solução das dores. 

Primeiramente, você deve conversar com o seu obstetra, para saber se está tudo bem com a gestação e como está o ganho de peso. 

É importante controlar o ganho de peso durante a gestação. 

A seguir, é essencial caracterizar a gestação como sendo normal ou uma gestação de risco. 

Isso é essencial, uma vez que gestações de alto risco necessitam de maior repouso e raramente recebem indicações de atividade física. 

Já em gestações consideradas normais, a gestante pode fazer caminhadas e até alguns exercícios selecionados de musculação, além de Pilates. 

Esses exercícios, de fato, ajudam a melhorar a musculatura que sustenta a barriga, o que tende a diminuir os episódios de dor. 

Em relação a exercícios físicos, uma excelente alternativa é a hidroginástica, pois permite a movimentação do corpo, bem como o relaxamento da musculatura na água. 

Por outro lado, procure não exagerar na atividade diária, sobretudo na parte final da gestação. Peça ajuda, quando necessário para não sobrecarregar seu organismo. 

Assim, não carregue peso. 

Massagens também são ótimas alternativas que ajudam a reduzir a retenção de líquido e a contração muscular excessiva. Além disso, a utilização de bolsas de água quente na região lombar pode ajudar a minimizar a dor. 

Porém, em casos de dores agudas, é importante buscar tratamento especializado. A fisioterapia é uma ótima opção. 

A acupuntura também pode ajudar a minimizar a sensação de dor local. 

Como evitar a dor no quadril na gravidez

mulher sentada na cama com dor no quadril
É possível evitar a dor no quadril na gravidez.

Algumas ações são importantes para evitar ou minimizar os episódios de dor no quadril durante a gravidez: 

  • Mantenha-se ativa, sempre com autorização do obstetra, fazendo atividades como caminhada, hidroginástica ou Pilates; 
  • Cuide da sua alimentação, para evitar ganho de peso excessivo durante a gestação; 
  • Use sapatos planos, mas que tenham suporte para a coluna; 
  • Evite carregar ou empurrar peso; 
  • Quando for se vestir, procure fazer isso sentada; 
  • Procure se deitar de lado e não com a barriga para cima. 

Conclusão 

A dor no quadril na gravidez afeta muitas gestantes, sendo bastante comum. Uma série de medidas pode ser adotada para minimizar os episódios de dor, bem como evitar que eles se tornem frequentes. 

A fisioterapia é, sem dúvida, uma grande aliada na melhora de quadros agudos de dor.

Agendar sua Avaliação