O que é Erosão Condral Profunda?

A erosão condral profunda é uma condição que afeta a cartilagem nas suas articulações.

A cartilagem é um tecido que cobre as extremidades dos ossos das articulações, ajudando a proteger contra o desgaste.

Agendar sua Avaliação

Esse tipo de lesão ocorre quando há irregularidades ou afilamentos da superfície. O osso subcondral acaba ficando exposto, favorecendo o surgimento de lesões. O edema é o que caracteriza a dor desta lesão.

Esse tipo de trauma ocorre por duas razões: por trauma direto ou por microtraumatismo repetitivo.

O primeiro pode acontecer quando se recebe um golpe muito forte, por exemplo, em um acidente de carro.

Agendar sua Avaliação

O segundo ocorre com a práticas esportivas que requerem mudanças bruscas de direção ou impacto em superfícies duras.

O joelho e o quadril, são articulações que costumam ser afetados por esta lesão, já que ela ocorre quando a cartilagem atingida se desgasta, expondo o osso por baixo dela.

Neste artigo, discutiremos mais detalhadamente a erosão condral profunda, incluindo as suas causas, fatores de risco, sintomas, e quais as opções de tratamento.

O que é a erosão condral profunda?

Osteoartrose do joelho

Se trata de uma condição que afeta a cartilagem nas suas articulações, preferencialmente o joelho. A cartilagem é um tecido duro e elástico que cobre as extremidades dos ossos das articulações, ajudando a amortecer e a proteger a articulação contra o desgaste.

Quando ocorre o desgaste dessa cartilagem, o osso por baixo dela fica exposto, estando sujeito à lesões.

Causas

Existem várias causas possíveis que provocam esse tipo de lesão, incluindo:

  • Lesões na articulação;
  • Osteoartrose;
  • Artrite reumatóide;
  • Gota.

Quais são os fatores de risco?

Existem vários fatores de risco que podem aumentar as suas hipóteses de desenvolver essa lesão, incluindo :

  • Idade: mais comum em pessoas mais velhas;
  • Lesões articulares: lesões articulares anteriores, podem aumentar o risco de desenvolver erosão condral profunda;
  • Osteoartrite: esta condição pode danificar a cartilagem nas suas articulações e levar a uma erosão condral profunda;
  • Artrite reumatóide: esta a doença autoimune também pode danificar a cartilagem nas suas articulações e levar a esta lesão;
  • Gota: esta condição pode também danificar a cartilagem nas suas articulações e conduzir a uma erosão condral profunda.

Quais são os sintomas da erosão condral profunda?

Os sintomas da erosão condral profunda variam dependendo da gravidade da lesão, mas podem incluir:

  • Dor: está frequentemente associada à dor na articulação afetada;
  • Inchaço: pode também causar inchaço na articulação afetada;
  • Rigidez: causa rigidez na articulação afetada;
  • Instabilidade: causa instabilidade na articulação afetada.

Como é feito o diagnóstico?

A erosão condral profunda é geralmente diagnosticada com base num exame físico e sintomas. O seu fisioterapeuta também pode lhe perguntar sobre os seus histórico médico.

Exame físicos na articulação afetada também podem ser pedidos. Testes de imagem, como raios X, tomografias computorizadas, ou MRIs, também podem ser encomendados para confirmar o diagnóstico.

Como é feito o tratamento para erosão condral profunda?

O seu fisioterapeuta irá perguntar sobre o seu historial médico e realizar um exame físico das suas articulações. O tratamento para a erosão condral profunda inclui geralmente uma combinação de:

  • Descanso;
  • Gelo;
  • Compressão;
  • Elevação (RICE);
  • Exercício; e/ou Terapia manual;
  • Perda de peso.

A cirurgia só é recomendada em casos graves e se o tratamento conservador não der resultados.

O seu fisioterapeuta também poderá lhe ensinar exercícios para melhorar a amplitude de movimento e força. A fisioterapia manual ajuda a reduzir a dor e o inchaço.

Tratamento conservador

O Instituto TRATA possui uma equipe de especialistas que, antes de submeter o paciente ao tratamento, avalia detalhadamente o seu quadro histórico.

E um dos grandes referenciais durante o tratamento, é o uso da tecnologia avançada. O Instituto tem como principal bandeira o tratamento não-invasivo de lesões nos membros inferiores como quadril e joelho.

Apesar de haver a opção cirúrgica, o tratamento conservador é a primeira linha de cuidados intensivos com a articulação afetada, recorrendo a opção cirúrgica somente se a fisioterapia com bons profissionais não conseguirem erradicar os sintomas.

Proporcionar a experiência mais completa, qualificada e individualizada no tratamento do quadril e joelho, para que nossos pacientes voltem a sua rotina normal sem dor.

A rede de clínicas do Instituto TRATA oferece tratamento para quadril e joelho, sendo a mais conhecida da América Latina, levando uma experiência completa, qualificada e segura.

É importante ressaltar que a fisioterapia deve ser iniciada o mais cedo possível, logo após o diagnóstico de erosão condral profunda, uma vez que isto pode ajudar a acelerar o processo de cura e melhorar as hipóteses de uma recuperação total.

Conclusão

A erosão condral profunda é uma condição que pode ser dolorosa e debilitante. No entanto, com um diagnóstico e tratamento precoce, a erosão condral profunda pode ser gerida de forma conservadora na maioria dos casos.

Caso você perceba alguns dos sintomas mencionados neste artigo, consulte o seu fisioterapeuta para uma avaliação.

Obrigada pela leitura!

Agendar sua Avaliação