Exercícios para tendão de Aquiles inflamado

A inflamação no tendão de aquiles pode ser uma condição bem dolorosa e incomoda, mas com os cuidados e exercícios corretos, ela pode ser amenizada.

Descubra nesse artigo quais exercícios são indicados para casos de inflamação e o que não fazer para agravar a condição.

Agendar sua Avaliação

O que é o tendão de Aquiles?

O tendão de Aquiles, também conhecido como tendão calcâneo, é o maior e mais forte tendão do corpo humano.

Ele conecta os músculos da panturrilha (gastrocnêmio e sóleo) ao osso do calcanhar (calcâneo).

Este tendão desempenha um papel crucial na capacidade de levantar os calcanhares do chão, essencial para atividades como caminhar, correr, pular e ficar na ponta dos pés.

Agendar sua Avaliação

O nome “tendão de Aquiles” provém da mitologia grega.

Aquiles, um herói lendário, era considerado invulnerável, exceto por seu calcanhar, onde sua mãe o segurava enquanto mergulhava-o no rio Estige para torná-lo invencível.

No entanto, uma flecha acabou por atingir seu calcanhar, resultando em sua única vulnerabilidade.

Essa história mitológica foi associada ao ponto fraco no calcanhar, onde o tendão de Aquiles está localizado.

fotos de exercícios para tendão de Aquiles inflamado

Como saber se o tendão de aquiles está inflamado?

A inflamação do tendão de Aquiles, conhecida como tendinite de Aquiles, pode causar desconforto e dor na região do calcanhar.

Alguns dos sintomas comuns que podem indicar a inflamação desse tendão incluem:

Dor ao caminhar ou correr

A dor ao caminhar, correr ou realizar atividades que envolvem o movimento do pé pode ser um sinal de tendinite de Aquiles.

Dor ao toque

Se você sentir dor ao tocar a região ao redor do tendão de Aquiles, pode ser um indicativo de inflamação.

Rigidez matinal

Algumas pessoas experimentam rigidez e dor ao redor do calcanhar, especialmente pela manhã ou após períodos de inatividade.

Inchaço ou sensação de inchaço

O tendão de Aquiles pode parecer inchado ou sensível ao toque quando está inflamado.

Calor na região

A área ao redor do tendão pode ficar aquecida ao toque devido à inflamação.

Crepitação

Em alguns casos, pode ocorrer um som de crepitação durante o movimento do tornozelo, indicando a presença de inflamação.

Fraqueza muscular

A inflamação do tendão de Aquiles pode levar a uma sensação de fraqueza na região afetada.

fotos de exercícios para tendão de Aquiles inflamado

Quais são as causas da inflamação no tendão de Aquiles?

A inflamação no tendão de Aquiles, conhecida como tendinite de Aquiles, pode ser causada por uma variedade de fatores.

Sobrecarga ou excesso de uso

Participar de atividades intensas ou aumentar abruptamente a intensidade do exercício pode sobrecarregar o tendão de Aquiles.

Falta de aquecimento adequado

Não realizar um aquecimento adequado antes do exercício pode aumentar o risco de lesões nos tendões.

Alterações na atividade física

Mudanças súbitas no tipo de atividade física, como começar a correr quando não se está acostumado.

Calçado inadequado

O uso de calçados que não proporcionam suporte adequado ou que estão desgastados pode aumentar a pressão sobre o tendão.

Envelhecimento

Com o envelhecimento, o tecido conjuntivo do tendão pode se degenerar, tornando-o mais suscetível a lesões e inflamação.

Fatores genéticos

Algumas pessoas podem ter uma predisposição genética para desenvolver tendinites.

Mudanças hormonais

Alterações hormonais, como aquelas durante a gravidez ou com o uso de certos medicamentos, podem aumentar o risco de inflamação.

Pés planos ou pés cavos

A estrutura do pé, como pés planos ou pés cavos, pode contribuir para o desenvolvimento de problemas no tendão.

Doenças inflamatórias

Algumas condições, como artrite reumatoide, podem aumentar o risco de inflamação nos tendões.

O que fazer em casos de inflamação?

Descubra o que fazer em casos de inflamação no tendão de Aquiles a seguir.

Medidas Iniciais

Repouso: Reduza a atividade física que coloca pressão excessiva no tendão de Aquiles.

Gelo: A aplicação de gelo na área afetada pode ajudar a reduzir o inchaço e aliviar a dor.

Use compressas de gelo por 15-20 minutos a cada poucas horas.

fotos de exercícios para tendão de Aquiles inflamado

No entanto, é vital compreender que essas medidas são paliativas e não substituem a avaliação de um especialista.

A procura por um especialista é fundamental para um diagnóstico preciso e a elaboração de um plano de tratamento adequado.

Importância do Tratamento Especializado

Diagnóstico Preciso: A inflamação no tendão de Aquiles pode ser causada por diversas condições, como tendinite, bursite ou até mesmo lesões mais graves.

Um especialista pode realizar exames e diagnosticar a causa específica.

Plano de Tratamento Personalizado: Cada caso é único, e um especialista pode desenvolver um plano de tratamento personalizado com medidas como fisioterapia, órteses ou, em casos mais graves, intervenção cirúrgica.

Prevenção de Complicações: Ignorar a inflamação no tendão de Aquiles pode levar a complicações, como a ruptura do tendão.

O tratamento precoce e adequado pode prevenir o agravamento da condição.

fotos de exercícios para tendão de Aquiles inflamado

Ao sentir desconforto ou dor persistente no tendão de Aquiles, não hesite em buscar ajuda especializada.

O tratamento adequado não apenas aliviará os sintomas, mas também promoverá uma recuperação mais rápida e eficaz.

O que não fazer em caso de inflamação?

Em casos de inflamação, há algumas precauções e ações que devem ser evitadas para não agravar a condição.

Não ignorar a dor persistente

Se a inflamação persistir por um período prolongado ou se a dor aumentar, não ignore.

A procrastinação na busca por ajuda especializada pode resultar em complicações.

Evitar automedicação excessiva

O uso indiscriminado de medicamentos anti-inflamatórios sem orientação médica pode ter efeitos colaterais adversos.

Consulte um especialista antes de iniciar qualquer tratamento medicamentoso.

Não ignorar o repouso adequado

Ignorar a necessidade de descanso pode prolongar o tempo de recuperação.

Evite atividades que coloquem pressão excessiva na área inflamada.

Não exagerar nos exercícios

Evite exercícios intensos ou que causem desconforto significativo na região inflamada.

Consulte um especialista para desenvolver um programa de exercícios adequado.

Não desconsiderar orientação profissional

Ignorar as recomendações de especialistas pode levar a complicações.

Consulte sempre um especialista para orientação específica ao seu caso.

Exercícios para tendão de Aquiles inflamado

Alongamento de panturrilha em pé

fotos de exercícios para tendão de Aquiles inflamado

Posição inicial: Fique em pé a uma distância de um braço da parede, com os pés apontando para a frente.

Execução: Coloque as mãos na parede à altura dos ombros e dê um passo à frente com uma perna, mantendo a outra estendida para trás. Mantenha o calcanhar no chão e dobre levemente o joelho da perna à frente.

Sustente o alongamento por 15-30 segundos e repita de 2 a 3 vezes em cada perna.

Fortalecimento do tendão de Aquiles

fotos de exercícios para tendão de Aquiles inflamado

Posição Inicial: Sente-se em uma cadeira com os pés apoiados no chão.

Execução: Coloque um elástico ao redor da parte frontal dos pés, segurando as extremidades com as mãos. Flexione os pés para baixo, resistindo à tensão do elástico, e depois retorne à posição inicial.

Faça 3 séries de 10-15 repetições.

Exercício de equilíbrio em uma perna

fotos de exercícios para tendão de Aquiles inflamado

Posição Inicial: Fique em pé com os pés paralelos.

Execução: Levante um pé do chão e mantenha o equilíbrio em uma perna. Certifique-se de ter um suporte próximo (como uma cadeira) para segurança. Este exercício pode fortalecer os músculos ao redor do tornozelo, incluindo o tendão de Aquiles.

Mantenha por 20-30 segundos e alterne para a outra perna. Repita 3 vezes em cada perna.

O tratamento que vai devolver a saúde dos seus membros inferiores

A proposta do Instituto TRATA está fundamentada no conceito de inovação, no que se refere ao tratamento de membros inferiores (quadril, joelho e pé).

A garantia de resultados eficazes reflete os procedimentos adotados pela equipe:

Avaliação clínica detalhada

O paciente é submetido a uma avaliação clínica detalhada, feita por um especialista da equipe.

É esse primeiro passo que viabiliza um direcionamento específico ao tratamento, de acordo com o quadro particular de cada paciente.

 Fisioterapia ortopédica e esportiva: avaliação

Avaliação cinemática dos movimentos do corpo

A seguir, o paciente é levado a uma avaliação cinemática dos movimentos do corpo. A finalidade é analisar como os ossos e os músculos estão organizados na reação à gravidade e às forças atuantes no corpo humano. Para isso, utilizamos um software exclusivo de análise de movimento chamado TrataScan, cuja tecnologia avançada permite detectar quaisquer alterações na força ou funcionalidade das estruturas que acabam levando a um quadro inflamatório ou doloroso, por exemplo.

Assimetrias, padrões motores, lesões associadas, existência de compensações e quais estruturas devem ser trabalhadas são alguns pontos que podem ser avaliados durante essa etapa.

 Fisioterapia ortopédica e esportiva: avaliação cinemática 2D

Protocolo de tratamento das lesões dos membros inferiores

O último passo consiste na aplicação do protocolo de tratamento das lesões dos membros inferiores, formulado pela rede e baseado em evidências científicas.

O foco se concentra no alinhamento biomecânico dos membros inferiores com o objetivo final de melhora do quadro do paciente (sem recidivas) e, por conseguinte, de uma maior qualidade de vida.

 Fisioterapia ortopédica e esportiva: exercício de fortalecimento

Nenhum atendimento é padrão. Avaliamos as necessidades específicas de cada paciente e montamos a abordagem de tratamento mais assertiva para cada quadro.

A tecnologia faz parte do nosso programa de tratamento com o objetivo de oferecer aos pacientes o que há de mais avançado no tratamento conservador de Fisioterapia.

Agendar sua Avaliação

Esse Guia Exclusivo foi elaborado pelos Fisioterapeutas do maior grupo especializado da América Latina.

Preencha os dados para receber acesso de forma segura: