Qual o tratamento para geno valgo?

O geno valgo ou joelho valgo é, muitas vezes, uma variação normal no desenvolvimento infantil, corrigindo-se naturalmente com o crescimento. Em outros casos, o joelho valgo persiste na adolescência e na idade adulta, podendo causar desconforto, dor e limitações na mobilidade, além de aumentar o risco de complicações futuras.

Este artigo visa explorar a fundo o mundo do geno valgo, destacando não só sua fisiologia e os sintomas associados, mas também identificando quando é essencial procurar um especialista em joelhos. É importante consultar um especialista em condições do joelho para um diagnóstico preciso e um plano de tratamento adequado.

Agendar sua Avaliação

O que é que significa geno valgo e geno varo?

foto de geno valgo e geno varo

Geno valgo e geno varo, ou joelho valgo e joelho varo, são termos que descrevem as condições relacionadas ao alinhamento das pernas, em particular a relação entre os joelhos e a linha média do corpo. A principal diferença entre geno valgo e geno varo reside no tipo de desalinhamento: no geno valgo, os joelhos se aproximam enquanto os tornozelos permanecem afastados, enquanto no geno varo, acontece o oposto, com os joelhos se afastando e os tornozelos se aproximando.

Geno valgo ou joelho valgo

Conhecido popularmente como “joelhos juntos” ou “pernas em X”, o geno valgo é caracterizado quando há um contato dos joelhos um com o outro enquanto os tornozelos permanecem separados.

Agendar sua Avaliação

O joelho valgo condição é normal em crianças entre 3 e 4 anos e tende a se corrigir naturalmente até os 7 a 8 anos.

Geno varo ou joelho varo

O geno varo ou joelho varo, condição frequentemente referida como “pernas arqueadas”.

O joelho varo caracteriza-se quando há um espaçamento maior que o normal entre os joelhos enquanto os tornozelos estão juntos.

Isso faz com que as pernas formem um arco para fora.

O geno varo ou joelho varo é comum em bebês devido à sua posição fetal no útero, mas geralmente se corrige com o crescimento.

O que o joelho valgo pode causar?

foto de geno valgo

O joelho valgo, ou geno valgo, pode ter vários efeitos no corpo, variando de problemas leves a questões mais sérias, dependendo da gravidade da condição e de quanto tempo permanece sem correção.

Desgaste desigual das articulações

A alteração na mecânica normal do joelho pode levar a um desgaste desigual da cartilagem articular e dos meniscos, resultando em osteoartrite precoce, especialmente na parte interna do joelho. Esse desgaste é frequentemente exacerbado pelo desalinhamento do joelho, como no caso do geno valgo, que afeta o alinhamento e a distribuição de carga nas articulações.

Dor e inflamação

Pessoas com geno valgo ou joelho valgo podem experimentar dor e inflamação nas articulações do joelho devido ao estresse adicional nessas áreas. A dor também pode se estender aos quadris e aos pés devido à má alinhamento.

Problemas de mobilidade

O joelho valgo severo pode afetar a mobilidade, tornando atividades como caminhar, correr e pular mais difíceis e menos eficientes. Isto é devido à má biomecânica e ao desalinhamento das pernas.

Desalinhamentos podem contribuir significativamente para problemas de mobilidade, afetando a maneira como nos movemos e aumentando o risco de lesões.

Problemas nos pés

O desalinhamento causado pelo joelho valgo pode levar a complicações nos pés, como pronação excessiva (rotação interna do pé), que pode causar dor no pé e no tornozelo.

Aumento do risco de lesões

Com o joelho valgo, o risco de torções, lesões ligamentares e outras lesões nos joelhos pode aumentar devido à instabilidade e ao estresse excessivo nas articulações.

Impacto na postura

Pode haver um impacto negativo na postura geral, levando a tensões adicionais nas costas e no quadril, o que pode resultar em dor lombar e outros desconfortos relacionados à postura.

Limitações em atividades físicas

Indivíduos com joelho valgo podem encontrar limitações em suas capacidades de realizar certas atividades físicas ou esportes, especialmente aqueles que exigem movimentos ágeis e precisos.

Quando devo procurar um especialista em joelhos?

foto de geno valgo

Procurar um especialista em joelhos é uma medida importante sempre que você estiver enfrentando problemas que afetem a sua capacidade de movimentar-se confortavelmente ou realizar suas atividades diárias.

Dor persistente ou recorrente

Se você estiver experienciando dor no joelho que é constante ou que continua retornando, mesmo após descanso e cuidados caseiros. Nesses casos, um especialista pode recomendar exames clínicos para melhor entender a condição do joelho.

Inchaço significativo

Inchaço nos joelhos que não diminuem com medidas como repouso e aplicação de gelo.

Redução da mobilidade

Dificuldade para dobrar ou estender completamente o joelho, ou se a mobilidade reduzida do joelho está afetando a sua capacidade de andar ou correr normalmente.

Som de estalos acompanhados de dor

Sons de estalido, crepitação ou rangido dentro do joelho, especialmente se acompanhados de dor ou desconforto.

Instabilidade ou fraqueza

Sensações de que o joelho vai “ceder” sob seu peso, ou instabilidade ao apoiar-se no joelho afetado.

Deformidades visíveis

Qualquer alteração na forma do seu joelho, como um desalinhamento óbvio ou uma aparência inchada, pode ser um sinal de condições mais graves.

Lesões agudas

Se você sofreu uma lesão direta no joelho, como uma queda, um impacto ou se torceu o joelho em uma atividade física, e sente dor significativa, inchaço ou qualquer sinal de deformidade.

Sintomas que não melhoram

Se você já tentou cuidados caseiros para os joelhos e não viu melhora nos sintomas em 48 horas.

Limitações nas atividades diárias

Se a dor ou outro problema no joelho está limitando suas atividades diárias normais, como caminhar, subir escadas, sentar ou levantar-se.

Tem como corrigir o joelho valgo?

Sim, o joelho valgo, dependendo de sua gravidade e causa subjacente, pode ser corrigido ou significativamente melhorado através de várias abordagens de tratamento.

A escolha do tratamento depende de fatores como a idade do paciente, a severidade da condição, a presença de sintomas e as causas subjacentes.

Como funciona o diagnostico?

O diagnóstico do joelho valgo envolve uma análise detalhada que inclui tanto avaliação clínica pelo especialista quanto, se necessário, exames de imagem.

O processo inicia-se com uma coleta minuciosa do histórico e sintomas do paciente, seguida por um exame físico que observa a postura, o alinhamento das pernas e a força muscular relacionada.

Exames de imagem como radiografias e, em alguns casos, ressonâncias magnéticas, são usados para uma visão mais detalhada da estrutura óssea e dos tecidos moles. A avaliação do eixo mecânico é fundamental para entender o alinhamento do joelho em relação ao quadril e tornozelo, ajudando a identificar possíveis deformidades.

A idade do paciente é um aspecto crucial no diagnóstico, visto que o joelho valgo pode ser normal em crianças, corrigindo-se conforme crescem.

Qual o tratamento para geno valgo?

foto de geno valgo

O tratamento para o geno valgo ou joelho valgo depende principalmente da severidade da condição, da idade do paciente e se há presença de sintomas como dor ou limitações funcionais.

O objetivo do tratamento é melhorar o alinhamento das pernas, aliviar os sintomas, e prevenir complicações futuras.

Para crianças e adolescentes

Na maioria dos casos em crianças, o geno valgo ou joelho valgo resolve-se espontaneamente à medida que a criança cresce. No entanto, tratamentos podem ser necessários em casos mais severos ou persistentes.

Observação

Muitas vezes, especialmente em crianças jovens, o tratamento consiste simplesmente em monitorar a evolução da condição ao longo do tempo.

Exercícios fisioterapêuticos

Exercícios direcionados para o joelho valgo pode ajudar a fortalecer os músculos ao redor dos joelhos e melhorar o alinhamento das pernas.

Para adultos

O tratamento em adultos tende a focar no alívio dos sintomas e na prevenção de danos articulares adicionais.

Fisioterapia

Exercícios personalizados para fortalecer e equilibrar os músculos da perna, bem como melhorar a flexibilidade e a mecânica de movimento, são fundamentais.

foto de geno valgo

Perda de peso

Reduzir o peso corporal pode diminuir a pressão sobre os joelhos, aliviando a dor e melhorando a função.

Correção cirúrgica

Em casos severos ou quando o tratamento conservador não é suficiente para aliviar os sintomas, a cirurgia pode ser considerada.

A osteotomia, que envolve o corte e o realinhamento dos ossos da perna, é uma opção comum.

Para crianças e adolescentes em crescimento, procedimentos que alteram a taxa de crescimento em lados diferentes do joelho (epifisiodese) podem ser utilizados para corrigir o alinhamento ao longo do tempo.

O tratamento que vai devolver a saúde dos seus membros inferiores

A base da proposta do Instituto TRATA está centrada na ideia de inovação no tratamento das extremidades inferiores, abrangendo quadril, joelho e pé. A asseguração de resultados eficazes espelha os métodos seguidos pela equipe:

Avaliação clínica detalhada

O paciente passa por uma avaliação clínica detalhada realizada por um especialista da equipe. Esse inicial procedimento possibilita uma orientação direcionada ao tratamento, considerando o quadro individual de cada paciente.

 Fisioterapia ortopédica e esportiva: avaliação

Avaliação cinemática dos movimentos do corpo

Posteriormente, o paciente passa por uma avaliação cinemática dos movimentos corporais. O objetivo é examinar a organização dos ossos e músculos em resposta à gravidade e às forças que atuam no corpo humano. Para essa finalidade, empregamos um software especializado de análise de movimento chamado TrataScan. Sua tecnologia avançada permite identificar quaisquer alterações na força ou funcionalidade das estruturas que podem resultar em quadros inflamatórios ou dolorosos, por exemplo.

Durante essa fase, é possível avaliar assimetrias, padrões motores, lesões associadas, presença de compensações e determinar quais estruturas necessitam de intervenção.

 Fisioterapia ortopédica e esportiva: avaliação cinemática 2D

Protocolo de tratamento das lesões dos membros inferiores

A etapa final envolve a implementação do protocolo de tratamento para lesões nas extremidades inferiores, desenvolvido pela rede e embasado em evidências científicas.

A atenção é direcionada para o alinhamento biomecânico das extremidades inferiores, visando aprimorar a condição do paciente (evitando recidivas) e, consequentemente, proporcionar uma maior qualidade de vida.

 Fisioterapia ortopédica e esportiva: exercício de fortalecimento

Não há um atendimento padronizado. Analisamos as necessidades individuais de cada paciente e desenvolvemos a abordagem de tratamento mais adequada para cada caso.

A incorporação da tecnologia é uma parte integral do nosso programa de tratamento, com o propósito de proporcionar aos pacientes as mais avançadas técnicas no tratamento conservador de Fisioterapia.

Agendar sua Avaliação

Esse Guia Exclusivo foi elaborado pelos Fisioterapeutas do maior grupo especializado da América Latina.

Preencha os dados para receber acesso de forma segura: