Joelho falseando: Como evitar?

Muitas pessoas já tiveram a sensação do joelho falseando, o que pode trazer grande insegurança durante qualquer movimento.

Se você já teve essa sensação, o que pode causar o joelho falseando? Existe tratamento? É sobre isso que falaremos, confira!

Agendar sua Avaliação

O que é joelho falseando?

É comum joelho falseando por vários motivos

A sensação do joelho falseando é, na verdade, a instabilidade da articulação, conhecida também por instabilidade ligamentar do joelho.

Esse nome, instabilidade ligamentar do joelho, deve-se às estruturas afetadas, quando o joelho falseia, que são os ligamentos.

Agendar sua Avaliação

De fato, o joelho é uma complexa estrutura articular, a qual apresenta vários ligamentos. Os ligamentos são as estruturas responsáveis pela manutenção do osso do joelho (patela) no lugar, bem como também auxiliam músculos e ossos a executarem os movimentos corretamente.

Quando os ligamentos perdem sua resistência e se tornam mais frouxos, a instabilidade se instala. No pior dos cenários, quando há rompimento dos ligamentos, então a instabilidade do joelho pode ser total.

Causas de joelho falseando

Conforme já dito, a principal causa de problemas de instabilidade no joelho está relacionada à perda da resistência dos ligamentos, ou seja, de fraqueza ligamentar.

Dependendo de quais ligamentos estão afetados, diferentes movimentos podem ser afetados.

Mas, quais são os ligamentos que existem no joelho?

Ligamentos do joelho 

No joelho, temos dois ligamentos cruzados (ligamento cruzado anterior e ligamento cruzado posterior). Além deles, há também os ligamentos colaterais medial e lateral, totalizando quatro ligamentos.

Já o menisco não é um ligamento, mas sim uma cartilagem, que serve para amortecer o contato do osso da coxa (denominado fêmur) com o osso da perna (tíbia).

De fato, a fraqueza ligamentar pode ter diversas causas, dentre elas, causas congênitas.

Além disso, outras causas podem estar relacionadas à instabilidade no joelho, como, por exemplo, lesões traumáticas no menisco.

Sintomas 

A instabilidade do movimento é o principal sintoma do joelho falseando

O principal sintoma do joelho falseando é a instabilidade durante o caminhar. Mas, com o passar do tempo, alguns outros sintomas podem aparecer, tais como dor e irritação local.

Além disso, com o tempo, pode surgir artrose, ou seja, maior desgaste da cartilagem do joelho. Todos esses sintomas devem ser avaliados pelo especialista.

Diagnóstico 

Ao perceber problemas em algum movimento, você deverá consultar um especialista em joelho.

Com o diagnóstico preciso, um plano de tratamento poderá ser elaborado, para melhorar a movimentação do joelho.

Tratamento 

O tratamento depende muito das condições clínicas do paciente, ou seja, o quanto a articulação ainda se encontra preservada.

Em alguns casos, pode-se, inclusive, optar pelo tratamento conservador, que apresenta bons resultados em pacientes colaborativos e com pouco desgaste articular.

No caso, o tratamento conservador é baseado na fisioterapia, com fortalecimento das demais estruturas do joelho.

Mas, em alguns casos, a cirurgia pode ser necessária.

Como evitar falseio no joelho?

Há formas simples de evitar o joelho falseando

Pessoas de mais idade ou mesmo as que praticam esportes de maneira regular podem apresentar preocupações em relação ao joelho.

Em relação à instabilidade do joelho, alguns cuidados podem ser tomados para evitar futuros problemas.

1 – Mantenha-se no peso adequado 

O sobrepeso e a obesidade são considerados grandes inimigos das articulações. Isso porque o peso extra faz com que haja sobrecarga nas articulações. Portanto, o ideal é perder peso para que as articulações ganhem um alívio.

2 – Faça atividades físicas adequadas 

Outra causa bastante comum de problemas no joelho é o sedentarismo. A falta de movimentação pode fazer com que as estruturas percam mobilidade.

Por isso, adote a prática regular de atividade física. Caso escolha uma atividade física de maior impacto no joelho, não se esqueça de ter orientação de um profissional de educação física adequada.

Assim, você não sobrecarregará a articulação.

3 – Invista no fortalecimento 

Algumas pessoas acreditam que somente atletas necessitam fazer fortalecimento muscular. Pelo contrário!

Todas as pessoas precisam de fortalecimento muscular. À medida que envelhecemos, perdemos massa muscular. Por isso, é essencial investir no fortalecimento das estruturas musculares.

Quanto melhor o fortalecimento, menor a probabilidade de futuras lesões nas articulações.

4 – Não ignore a dor 

A dor é sempre um bom sinal de que algo não está bom no organismo. Então, caso você tenha dor no joelho, já há alguns dias, procure atendimento especializado e busque saber qual o problema do seu joelho.

Muitas pessoas acabam ignorando a dor ou pior, tomam medicamentos por conta própria, tentando aliviar a dor.

A automedicação nunca é uma boa ideia e medicamentos podem mascarar sintomas ou ainda piorar o quadro clínico. Somente o especialista deve fazer a prescrição de analgésicos, anti-inflamatórios ou relaxantes musculares.

Se a dor é persistente, procure ajuda.

5 – Invista na fisioterapia 

A fisioterapia pode ser uma grande aliada tanto como parte do plano de tratamento como também na prevenção de problemas no joelho. Sempre orientada por um profissional fisioterapeuta, a fisioterapia abrange medidas que diminuem a dor, como também fortalecem as estruturas das articulações.

O tratamento que vai devolver a saúde dos seus membros inferiores

A proposta do Instituto TRATA está fundamentada no conceito de inovação, no que se refere ao tratamento de membros inferiores (quadril, joelho e pé). A garantia de resultados eficazes reflete os procedimentos adotados pela equipe:

– O paciente é submetido a uma avaliação clínica detalhada, feita por um especialista da equipe. É esse primeiro passo que viabiliza um direcionamento específico ao tratamento, de acordo com o quadro particular de cada paciente.

 Fisioterapia ortopédica e esportiva: avaliação

– A seguir, o paciente é levado a uma avaliação cinemática dos movimentos do corpo. A finalidade é analisar como os ossos e os músculos estão organizados na reação à gravidade e às forças atuantes no corpo humano. Para isso, utilizamos um software exclusivo de análise de movimento chamado TrataScan, cuja tecnologia avançada permite detectar quaisquer alterações na força ou funcionalidade das estruturas que acabam levando a um quadro inflamatório ou doloroso, por exemplo. Assimetrias, padrões motores, lesões associadas, existência de compensações e quais estruturas devem ser trabalhadas são alguns pontos que podem ser avaliados durante essa etapa.

 Fisioterapia ortopédica e esportiva: avaliação cinemática 2D

– O último passo consiste na aplicação do protocolo de tratamento das lesões dos membros inferiores, formulado pela rede e baseado em evidências científicas. O foco se concentra no alinhamento biomecânico dos membros inferiores com o objetivo final de melhora do quadro do paciente (sem recidivas) e, por conseguinte, de uma maior qualidade de vida.

 Fisioterapia ortopédica e esportiva: exercício de fortalecimento

Nenhum atendimento é padrão. Avaliamos as necessidades específicas de cada paciente e montamos a abordagem de tratamento mais assertiva para cada quadro. A tecnologia faz parte do nosso programa de tratamento com o objetivo de oferecer aos pacientes o que há de mais avançado no tratamento conservador de Fisioterapia.

 

Conclusão 

Ter o joelho falseando pode ser sinal de problemas nas estruturas da articulação, sobretudo ligamentos.

A instabilidade ligamentar é a principal causa, portanto, é essencial buscar um especialista para o correto diagnóstico, e investir tanto na prevenção quanto no tratamento dessa patologia.

Agendar sua Avaliação

Esse Guia Exclusivo foi elaborado pelos Fisioterapeutas do maior grupo especializado da América Latina.

Preencha os dados para receber acesso de forma segura: