O que fazer com joelho inchado?

Há várias razões pelas quais um joelho pode ficar inchado.

Isso pode ocorrer devido a uma lesão, como um entorse ou uma deformidade, ou pode ser um sinal de uma condição mais grave, como artrite ou gota.

Agendar sua Avaliação

A seguir, você conhecerá um pouco mais sobre algumas dessas condições que podem causar inchaço no joelho.

pessoa com mão no joelho inchado

O que pode deixar o joelho inchado?

Há várias condições e lesões que podem causar inchaço no joelho.

Agendar sua Avaliação

O inchaço no joelho, também conhecido como derrame articular, é uma resposta do corpo à irritação, inflamação ou lesão na articulação do joelho.

Alguns dos principais motivos que podem deixar o joelho inchado incluem:

Lesões Traumáticas

Lesões agudas, como entorses, contusões, luxações, fraturas e rupturas de ligamentos (como o ligamento cruzado anterior ou LCA) podem causar inchaço no joelho.

Lesões Condrais

Danos à cartilagem articular do joelho, como as lesões condrais que discutimos anteriormente, podem levar ao inchaço.

Bursite

A bursite no joelho ocorre quando as bursas (pequenas bolsas de fluido que amortecem e lubrificam as articulações) se inflamam devido à pressão repetitiva ou traumas.

Isso pode causar inchaço e dor.

bursite no joelho

Tendinite

A inflamação dos tendões que rodeiam o joelho (tendinite) pode levar a um acúmulo de fluido na articulação e, consequentemente, ao inchaço.

Artrite

A osteoartrite e a artrite reumatoide são condições que podem afetar as articulações do joelho, causando inflamação crônica, dor e inchaço.

idosos no sofá com artrite e dor no joelho

Infecções

Infecções bacterianas ou virais no joelho podem causar inflamação e inchaço.

Hematomas

O acúmulo de sangue na articulação do joelho devido a lesões traumáticas pode resultar em inchaço.

Sobrecarga ou Uso Excessivo

Exercícios intensos ou uso excessivo da articulação do joelho podem causar irritação, inflamação e inchaço.

Problemas Meniscais

Lesões ou rasgos no menisco (cartilagem em forma de C que atua como amortecedor no joelho) podem causar inchaço.

Outras Condições

Condições subjacentes, como gota ou doenças sistêmicas autoimunes, também podem levar ao inchaço nas articulações, incluindo o joelho.

Quando devo me preocupar com os joelho inchado?

Você deve se preocupar com um joelho inchado quando o inchaço é acompanhado por sintomas que sugerem uma lesão ou condição mais grave, ou quando o inchaço persiste ou piora ao longo do tempo.

Alguns sinais e sintomas que indicam que você deve procurar atendimento especializado incluem:

Dor Severa

Se você sentir dor intensa no joelho, especialmente se for incapaz de suportar peso ou movimentar a articulação.

Incapacidade de Movimento

Se você não consegue dobrar ou estender o joelho normalmente devido ao inchaço.

Instabilidade

Se sentir que o joelho está instável ou se ele se move de maneira anormal.

Calor e Vermelhidão

Se o joelho estiver quente ao toque e vermelho, o que pode indicar inflamação significativa.

subindo as escadas com joelho inchado

Febre

Se o inchaço no joelho estiver associado a febre ou calafrios, isso pode ser um sinal de infecção.

Histórico de Lesão

Se você sofreu uma lesão aguda recentemente no joelho e o inchaço persiste ou piora.

Sinais de Infecção

Se o joelho estiver inchado, dolorido, vermelho e com secreção, isso pode ser um sinal de infecção e requer atenção especializada urgente.

Dificuldade em Apoiar o Peso

Se você não consegue apoiar peso na perna afetada ou se sentir fraqueza súbita na perna.

Sintomas Sistêmicos

Se o inchaço no joelho estiver associado a outros sintomas sistêmicos, como perda de peso não explicada, fadiga extrema ou sintomas neurológicos.

Devo evitar praticar atividades físicas com o joelho inchado?

Em geral, é aconselhável evitar atividades intensas ou de alto impacto quando o joelho está inchado.

O inchaço no joelho pode ser um sinal de irritação, lesão ou inflamação na articulação, e a prática de atividades vigorosas pode piorar a condição, aumentar a dor e o inchaço e até mesmo causar danos adicionais à articulação.

Lembre-se de que cada caso de joelho inchado é único, e o que é apropriado em um cenário pode não ser adequado em outro. Portanto, a consulta a um especialista é fundamental para garantir uma recuperação adequada e segura.

Ignorar o inchaço e continuar com atividades intensas sem orientação especializada pode resultar em danos adicionais à articulação e prolongar o tempo de recuperação.

O que fazer com o joelho inchado?

Se você está lidando com um joelho inchado, existem algumas medidas que você pode tomar para aliviar o inchaço e melhorar o conforto.

Gelo

A aplicação de gelo é eficaz para reduzir o inchaço e aliviar a dor. Enrole uma bolsa de gelo em um pano fino e aplique-a no joelho inchado por 15 a 20 minutos de cada vez, a cada 1-2 horas. Não aplique o gelo diretamente na pele para evitar queimaduras de frio.

bolsa de gelo no joelho

Elevação

Elevar o joelho acima do nível do coração ajuda a reduzir o inchaço. Use almofadas ou travesseiros para apoiar a perna enquanto estiver sentado ou deitado.

Compressão

O uso de uma bandagem elástica ou faixa de compressão leve pode ajudar a reduzir o inchaço. Certifique-se de não enrolar a bandagem muito apertada, pois isso pode prejudicar o fluxo sanguíneo.

Repouso Ativo

Após a fase inicial de descanso, é importante começar a realizar movimentos suaves e controlados para evitar a rigidez. Consulte um fisioterapeuta para orientações específicas sobre exercícios de mobilidade.

Consulta Especializada

No entanto, é importante lembrar que essas medidas são gerais e podem não ser adequadas para todos os casos.

Se o inchaço persistir ou se você tiver outros sintomas preocupantes, como dor intensa, dificuldade de movimento, febre ou sinais de infecção, é fundamental procurar um especialista.

Como funciona o diagnóstico?

O diagnóstico de um joelho inchado envolve uma avaliação cuidadosa que inclui a coleta de informações sobre seus sintomas, histórico e eventos que possam ter causado a condição.

Além disso, podem ser realizados vários exames clínicos e de imagem para ajudar a determinar a causa subjacente do inchaço no joelho.

Entrevista Clínica (Anamnese):

O especialista começará fazendo perguntas sobre seus sintomas, como quando o inchaço começou, se houve uma lesão recente, se você tem histórico de problemas no joelho e se há outros sintomas associados, como dor, vermelhidão ou dificuldade de movimento.

Exame Físico

O especialista examinará o joelho inchado para avaliar a amplitude de movimento, estabilidade da articulação e verificar sinais de inflamação, como calor e vermelhidão.

Exames de Imagem

O especialista pode solicitar exames de imagem para obter uma visão mais detalhada do joelho.

O diagnóstico do joelho inchado pode variar significativamente dependendo da causa subjacente. Pode ser desde uma lesão traumática simples, como uma entorse, até uma condição mais complexa, como artrite ou infecção. Portanto, a identificação da causa exata é crucial para direcionar o tratamento adequado.

Uma vez que a causa do inchaço no joelho tenha sido identificada, o especialista pode elaborar um plano de tratamento específico.

Tratamento para reduzir o inchaço

O tratamento para reduzir o inchaço no joelho pode variar dependendo da causa subjacente do inchaço. Algumas medidas gerais que podem ajudar a reduzir o inchaço no joelho podem envolver:

Reabilitação

Dependendo da causa do inchaço, um fisioterapeuta pode recomendar exercícios de mobilidade e fortalecimento para ajudar na recuperação e prevenir recorrências.

Aspiração Articular de líquido sinovial

Em casos de acúmulo significativo de líquido sinovial, um especialista pode realizar uma aspiração articular para remover o líquido sinovial e aliviar o inchaço.

Tratamento da Causa Subjacente

É fundamental identificar e tratar a causa subjacente do inchaço. Isso pode envolver o tratamento de lesões, infecções, artrite ou outras condições.

É importante notar que o tratamento específico pode variar amplamente com base na causa do inchaço.

Portanto, é crucial consultar um especialista para obter um diagnóstico preciso e recomendações de tratamento específicas para a sua situação.

Prevenção

A prevenção de um joelho inchado muitas vezes envolve medidas para evitar lesões e problemas que podem levar ao inchaço.

Embora nem todas as situações possam ser prevenidas, especialmente aquelas relacionadas a condições específicas, você pode tomar medidas para reduzir o risco de lesões e inflamações que causam inchaço no joelho.

Fortalecimento Muscular

Realize exercícios de fortalecimento muscular para fortalecer os músculos que cercam o joelho. Isso ajuda a estabilizar a articulação e reduzir o risco de lesões. Consulte um fisioterapeuta para obter orientações sobre exercícios específicos.

Treinamento Adequado

Se você pratica esportes ou atividades físicas intensas, certifique-se de receber treinamento adequado para aprender técnicas de movimento seguras e eficazes que ajudem a evitar lesões no joelho.

Aquecimento e Alongamento

Antes do exercício, faça um aquecimento adequado para preparar os músculos e articulações para a atividade física. Após o exercício, faça alongamentos para melhorar a flexibilidade e evitar a rigidez.

Uso de Equipamento de Proteção

Se você pratica esportes de contato ou de alto impacto, use equipamento de proteção adequado, como joelheiras, para reduzir o risco de lesões.

Controle do Peso

Mantenha um peso corporal saudável, pois o excesso de peso pode aumentar o estresse nas articulações do joelho.

Descanso Adequado

Dê ao seu corpo tempo suficiente para descansar e se recuperar após atividades físicas intensas. Evite o excesso de treinamento.

Calçado Adequado

Use calçado apropriado para a atividade física que está realizando. Tênis de corrida, por exemplo, devem ser escolhidos com base no seu tipo de pé e estilo de corrida.

Hidratação

Mantenha-se bem hidratado para manter os tecidos moles e articulações saudáveis.

Consultas Regulares

Faça check-ups regulares e discuta quaisquer preocupações com seu especialista, especialmente se você tiver histórico de problemas articulares.

Fisioterapia Preventiva

Em alguns casos, a fisioterapia preventiva pode ser benéfica, especialmente se você estiver em risco de lesões recorrentes no joelho.

Lembrando que a prevenção não é garantia absoluta contra lesões ou inchaço no joelho, mas pode reduzir significativamente o risco.

O tratamento que vai devolver a saúde dos seus membros inferiores

A proposta do Instituto TRATA está fundamentada no conceito de inovação, no que se refere ao tratamento de membros inferiores (quadril, joelho e pé).

A garantia de resultados eficazes reflete os procedimentos adotados pela equipe:

Avaliação clínica detalhada

O paciente é submetido a uma avaliação clínica detalhada, feita por um especialista da equipe.

É esse primeiro passo que viabiliza um direcionamento específico ao tratamento, de acordo com o quadro particular de cada paciente.

 Fisioterapia ortopédica e esportiva: avaliação

Avaliação cinemática dos movimentos do corpo

A seguir, o paciente é levado a uma avaliação cinemática dos movimentos do corpo. A finalidade é analisar como os ossos e os músculos estão organizados na reação à gravidade e às forças atuantes no corpo humano. Para isso, utilizamos um software exclusivo de análise de movimento chamado TrataScan, cuja tecnologia avançada permite detectar quaisquer alterações na força ou funcionalidade das estruturas que acabam levando a um quadro inflamatório ou doloroso, por exemplo.

Assimetrias, padrões motores, lesões associadas, existência de compensações e quais estruturas devem ser trabalhadas são alguns pontos que podem ser avaliados durante essa etapa.

 Fisioterapia ortopédica e esportiva: avaliação cinemática 2D

Protocolo de tratamento das lesões dos membros inferiores

O último passo consiste na aplicação do protocolo de tratamento das lesões dos membros inferiores, formulado pela rede e baseado em evidências científicas.

O foco se concentra no alinhamento biomecânico dos membros inferiores com o objetivo final de melhora do quadro do paciente (sem recidivas) e, por conseguinte, de uma maior qualidade de vida.

 Fisioterapia ortopédica e esportiva: exercício de fortalecimento

Nenhum atendimento é padrão. Avaliamos as necessidades específicas de cada paciente e montamos a abordagem de tratamento mais assertiva para cada quadro.

A tecnologia faz parte do nosso programa de tratamento com o objetivo de oferecer aos pacientes o que há de mais avançado no tratamento conservador de Fisioterapia.

Agendar sua Avaliação

Esse Guia Exclusivo foi elaborado pelos Fisioterapeutas do maior grupo especializado da América Latina.

Preencha os dados para receber acesso de forma segura: