Lesões nos Ligamentos do Joelho: tratamento, sintomas e tempo de recuperação

Neste artigo, abordaremos os diferentes tipos de lesões nos ligamentos do joelho, discutindo sua gravidade e as opções de tratamento disponíveis.

Entenderemos a importância dos ligamentos como estabilizadores passivos das articulações, cuja função principal é evitar movimentos anormais entre os ossos.

Agendar sua Avaliação

No joelho, especificamente, encontramos quatro ligamentos cruciais: o ligamento cruzado anterior (LCA), o ligamento cruzado posterior (LCP) e os ligamentos colaterais medial (LCM) e lateral (LCL).

Quando ocorre a ruptura de um desses ligamentos, o joelho pode tornar-se instável, resultando em episódios de falsa sensação de deslocamento, dor e inchaço.

foto de lesao ligamento joelho

Agendar sua Avaliação

Tipos de lesões nos ligamentos do joelho

As lesões nos ligamentos do joelho são relativamente comuns e podem ser classificadas em várias categorias com base no tipo e na gravidade da lesão.

Os quatro ligamentos primordiais do joelho compreendem o ligamento cruzado anterior (LCA), o ligamento cruzado posterior (LCP), o ligamento medial colateral (LCM) e o ligamento lateral colateral (LCL).

Além dessas categorias principais, as lesões nos ligamentos do joelho podem ser classificadas em graus de gravidade, geralmente em três níveis:

  • Grau I: Uma lesão leve em que o ligamento é esticado, mas não rompido.
  • Grau II: Uma lesão moderada em que o ligamento é parcialmente rompido.
  • Grau III: Uma lesão grave em que o ligamento é completamente rompido.

Lesão do Ligamento Colateral Medial

Essa é uma lesão ligamentar bem comum do joelho.

Se um paciente sofre essa lesão de maneira independente, é provável que experimente dor e inchaço concentrados na área afetada, juntamente com a possibilidade de hemartrose, que é a acumulação de sangue na articulação.

Em situações de suspeita dessa lesão, é essencial realizar um exame abrangente de todos os ligamentos e meniscos do joelho, uma vez que lesões adicionais podem estar presentes.

O tratamento cirúrgico dessas lesões raramente é necessário.

Lesão do Ligamento Colateral Lateral

Lesões nesse ligamento são menos frequentes em comparação com as que afetam o ligamento medial.

No entanto, quando acontecem, costumam ser mais sérias e raramente ocorrem de forma isolada.

Como resultado, o tratamento dessas lesões é consideravelmente mais desafiador.

Lesão do Ligamento Cruzado Anterior

Essas lesões ligamentares são frequentemente observadas em esportes nos quais o pé está firmemente plantado no chão, e a perna é torcida em relação ao corpo, como é comum no futebol, basquete e esqui, por exemplo.

Quando ocorre essa torção no joelho, o indivíduo afetado pela lesão pode ouvir um som semelhante a um estalo (“pop”) no momento em que a lesão ocorre e, consequentemente, pode não conseguir continuar a atividade de maneira normal.

foto de lesao ligamento joelho

Lesão do Ligamento Cruzado Posterior

Sua lesão é consideravelmente menos frequente em comparação com a do ligamento cruzado anterior.

Normalmente, essa lesão se manifesta devido a traumas de alta intensidade na região frontal da perna, o que resulta em uma força que empurra a perna para trás em relação à coxa.

Sintomas das lesões nos ligamentos do joelho

Os sintomas das lesões nos ligamentos do joelho podem variar de acordo com a gravidade da lesão e qual ligamento foi afetado.

foto de lesao ligamento joelho

Descubra alguns dos sintomas comuns associados a lesões nos ligamentos do joelho:

  • Dor: A dor é um sintoma comum em lesões nos ligamentos do joelho. A intensidade da dor pode variar de leve a intensa, dependendo da gravidade da lesão.
  • Inchaço: O inchaço da articulação do joelho é outro sintoma comum. O inchaço ocorre devido à inflamação causada pela lesão e ao acúmulo de fluido na área afetada.
  • Instabilidade: Uma sensação de instabilidade ou falta de apoio no joelho é frequente em lesões ligamentares. Isso pode fazer com que o joelho pareça “frouxo” ou que tenda a dar “caneladas”.
  • Hemartrose: A hemartrose é a presença de sangue dentro da articulação do joelho. Ela pode ocorrer em lesões mais graves, como as rupturas ligamentares, e geralmente causa inchaço adicional e dor.
  • Estalos ou ruídos: Algumas pessoas relatam ouvir estalos ou ruídos na articulação do joelho quando a lesão ocorre.
  • Dificuldade em caminhar: Lesões ligamentares significativas podem tornar a caminhada difícil e dolorosa.
  • Limitação de movimento: A lesão pode limitar a capacidade de mover o joelho normalmente, resultando em uma faixa reduzida de movimento.
  • Fraqueza muscular: A fraqueza muscular pode ocorrer devido à restrição de movimento e à dor associada à lesão.

Causas das lesões nos ligamentos do joelho

fisioterapeuta mostrando as causas das lesões nos ligamentos do joelho

As lesões nos ligamentos do joelho podem ocorrer devido a várias causas, sendo as mais comuns relacionadas a traumas ou movimentos bruscos que afetam a estabilidade da articulação do joelho.

  • Trauma Esportivo: Lesões nos ligamentos do joelho são frequentemente associadas a atividades esportivas, especialmente esportes de contato e esportes que envolvem movimentos de torção e mudanças de direção bruscas.
  • Torção ou Rotação do Joelho: Uma torção excessiva ou uma rotação brusca do joelho pode causar lesões nos ligamentos. Isso pode ocorrer durante quedas, colisões ou aterrissagens inadequadas.
  • Hiperextensão: Quando o joelho é forçado a se estender além da sua amplitude normal de movimento, isso pode resultar em estiramento ou ruptura dos ligamentos.
  • Lesões de Trânsito: Acidentes de trânsito, como colisões de veículos, podem causar lesões nos ligamentos do joelho devido à força do impacto.
  • Quedas: Quedas de altura ou quedas em superfícies irregulares podem levar a lesões nos ligamentos do joelho.
  • Fadiga Muscular: A fadiga muscular pode tornar o joelho mais vulnerável a lesões, uma vez que os músculos não são capazes de oferecer suporte adequado à articulação.
  • Idade e Desgaste: Com o envelhecimento, os ligamentos podem perder a sua elasticidade e resistência, tornando-se mais propensos a lesões.
  • Fatores Anatômicos: Alguns indivíduos podem ter características anatômicas que os tornam mais suscetíveis a lesões ligamentares, como alinhamento inadequado dos joelhos.

Tratamento para as lesões nos ligamentos do joelho

O tratamento para lesões nos ligamentos do joelho depende da gravidade da lesão, do ligamento afetado e de outros fatores individuais.

Tratamento Conservador

  • Gelo: Aplicar compressas frias na região afetada pode contribuir para diminuir o inchaço e proporcionar alívio da dor.
  • Compressão: O uso de uma bandagem de compressão pode ajudar a controlar o inchaço.
  • Elevação: Elevar a perna afetada pode ajudar a reduzir o inchaço.
  • Fisioterapia: A fisioterapia desempenha um papel fundamental na reabilitação das lesões nos ligamentos do joelho. Um fisioterapeuta pode criar um programa de exercícios específico para fortalecer os músculos ao redor do joelho, melhorar a amplitude de movimento e restaurar a função.

foto de lesao ligamento joelho

Órteses ou Tala

Em alguns casos, pode ser recomendado o uso de órteses, talas ou dispositivos de imobilização para proteger o joelho durante a recuperação.

Injeções

Em algumas situações, injeções de corticosteroides ou ácido hialurônico podem ser usadas para aliviar a dor e a inflamação.

Cirurgia

Em lesões ligamentares graves, como rupturas completas do ligamento cruzado anterior (LCA), cirurgia pode ser necessária.

Isso envolve a reconstrução do ligamento danificado usando enxertos de tecido do próprio paciente (autólogo).

A cirurgia também pode ser considerada quando outras lesões associadas, como danos nos meniscos, requerem intervenção.

Reabilitação Pós Cirúrgica

Após a cirurgia, a reabilitação é fundamental. O paciente trabalhará com um fisioterapeuta para fortalecer gradualmente o joelho e recuperar a função normal.

foto de lesao ligamento joelho

Tempo de recuperação

O tempo de recuperação de uma lesão nos ligamentos do joelho varia consideravelmente com base na gravidade da lesão, no tipo de tratamento utilizado e na resposta individual do paciente.

  1. Lesões Leves (Grau I):
    • Lesões leves dos ligamentos, como entorses, podem levar de algumas semanas a alguns meses para a recuperação completa.
    • O tratamento geralmente inclui repouso, fisioterapia e medidas de controle da dor e do inchaço.
  2. Lesões Moderadas (Grau II):
    • Lesões moderadas, como entorses mais graves, podem levar de dois a três meses para a recuperação completa.
    • A fisioterapia desempenha um papel importante na reabilitação, ajudando a restaurar a estabilidade e a força do joelho.
  3. Lesões Graves (Grau III):
    • Lesões graves, como rupturas completas dos ligamentos, geralmente requerem cirurgia para reconstrução do ligamento.
    • O tempo de recuperação após a cirurgia pode variar de seis meses a um ano ou mais, dependendo da complexidade da lesão e da resposta à reabilitação.
    • A reabilitação após a cirurgia é um processo longo e envolve fisioterapia intensiva para recuperar a força e a estabilidade do joelho.

É importante ressaltar que cada paciente é único, e o tempo de recuperação pode variar de pessoa para pessoa.

Fatores como idade, saúde geral, aderência ao programa de reabilitação e a presença de lesões ou complicações adicionais podem influenciar a duração da recuperação.

Além disso, o retorno às atividades esportivas ou físicas de alta intensidade após uma lesão nos ligamentos do joelho deve ser gradual e ocorrer sob a orientação de um especialista.

O retorno prematuro sem uma recuperação adequada pode aumentar o risco de lesão novamente.

Portanto, é fundamental seguir as instruções do especialista e ser paciente durante o processo de recuperação para garantir uma recuperação completa e eficaz.

O tratamento que vai devolver a saúde dos seus membros inferiores

A proposta do Instituto TRATA está fundamentada no conceito de inovação, no que se refere ao tratamento de membros inferiores (quadril, joelho e pé).

A garantia de resultados eficazes reflete os procedimentos adotados pela equipe:

Avaliação clínica detalhada

O paciente é submetido a uma avaliação clínica detalhada, feita por um especialista da equipe.

É esse primeiro passo que viabiliza um direcionamento específico ao tratamento, de acordo com o quadro particular de cada paciente.

 Fisioterapia ortopédica e esportiva: avaliação

Avaliação cinemática dos movimentos do corpo

A seguir, o paciente é levado a uma avaliação cinemática dos movimentos do corpo. A finalidade é analisar como os ossos e os músculos estão organizados na reação à gravidade e às forças atuantes no corpo humano. Para isso, utilizamos um software exclusivo de análise de movimento chamado TrataScan, cuja tecnologia avançada permite detectar quaisquer alterações na força ou funcionalidade das estruturas que acabam levando a um quadro inflamatório ou doloroso, por exemplo.

Assimetrias, padrões motores, lesões associadas, existência de compensações e quais estruturas devem ser trabalhadas são alguns pontos que podem ser avaliados durante essa etapa.

 Fisioterapia ortopédica e esportiva: avaliação cinemática 2D

Protocolo de tratamento das lesões dos membros inferiores

O último passo consiste na aplicação do protocolo de tratamento das lesões dos membros inferiores, formulado pela rede e baseado em evidências científicas.

O foco se concentra no alinhamento biomecânico dos membros inferiores com o objetivo final de melhora do quadro do paciente (sem recidivas) e, por conseguinte, de uma maior qualidade de vida.

 Fisioterapia ortopédica e esportiva: exercício de fortalecimento

Nenhum atendimento é padrão. Avaliamos as necessidades específicas de cada paciente e montamos a abordagem de tratamento mais assertiva para cada quadro.

A tecnologia faz parte do nosso programa de tratamento com o objetivo de oferecer aos pacientes o que há de mais avançado no tratamento conservador de Fisioterapia.

Agendar sua Avaliação

Esse Guia Exclusivo foi elaborado pelos Fisioterapeutas do maior grupo especializado da América Latina.

Preencha os dados para receber acesso de forma segura: