Qual a diferença entre Geno Varo e Geno Valgo?

O que é Geno Varo e geno valgo?

Geno varo e geno valgo são condições em que os joelhos se desviam da linha central do corpo, afetando a forma como as pernas se movem e suportam o peso corporal.

Geno valgo é quando os joelhos se curvam para fora; em direção à linha central do corpo. É mais comum em crianças e pode ser uma condição natural enquanto o esqueleto ainda está se desenvolvendo. No entanto, em casos mais graves, pode levar a problemas nas articulações do joelho, causando dor, desgaste e instabilidade.

Agendar sua Avaliação

Por outro lado, geno varo é quando os joelhos se curvam para dentro , afastando-se da linha central do corpo. Também pode ser uma condição natural em crianças, mas em casos mais graves pode causar problemas nas articulações do joelho e levar a dor, instabilidade e desgaste.

diferenças entre joelho normal, joelho varo e joelho valgo

Quais são os sinais de que o desalinhamento do joelho pode ser um problema?

O desalinhamento do joelho pode causar uma variedade de sintomas, que podem indicar que é um problema que precisa de tratamento. Alguns dos sinais comuns de desalinhamento do joelho incluem:

  1. Dor: A dor pode ser um sinal de que há algo de errado com seus joelhos. A dor pode ser leve ou grave, constante ou intermitente, e pode ser sentida na parte interna ou externa do joelho.
  2. Inchaço: Inchaço ou edema é outro sinal comum de desalinhamento do joelho. A inflamação pode ser causada por uma lesão ou sobrecarga de uma parte do joelho.
  3. Estalos ou cliques: Estalos ou cliques ao dobrar ou endireitar o joelho pode ser um sinal de desalinhamento, especialmente se acompanhado por dor.
  4. Instabilidade: A sensação de instabilidade no joelho, como se estivesse prestes a dar um “falso passo”, pode ser um sinal de desalinhamento.
  5. Dificuldade para caminhar ou subir escadas: Desalinhamentos do joelho podem afetar a maneira como você caminha, causando problemas de locomoção.

Desalinhamentos do joelho podem afetar a maneira como você caminha, causando problemas de locomoção.

Condições Associadas a geno varo e geno valgo

Tanto o geno varo quanto o geno valgo podem estar associados a várias condições médicas. Algumas das condições que podem causar ou estar associadas a esses desvios do joelho incluem:

Agendar sua Avaliação

Artrite

A artrite é uma condição inflamatória que pode afetar as articulações, incluindo os joelhos. A artrite pode levar a um desalinhamento do joelho e aumentar o risco de geno varo ou valgo.

Doenças do tecido conjuntivo

Algumas doenças do tecido conjuntivo, como o lúpus e a esclerodermia, podem afetar as articulações e causar desalinhamentos do joelho.

Lesões no joelho

Lesões no joelho, como rupturas de ligamentos ou cartilagem, podem afetar o alinhamento do joelho e levar a geno varo ou valgo.

Lesões no joelho, como rupturas de ligamentos ou cartilagem, podem afetar o alinhamento do joelho e levar a geno varo ou valgo.

Condições neuromusculares

Algumas condições neuromusculares, como a paralisia cerebral, podem afetar a maneira como os músculos funcionam e causar desalinhamentos do joelho.

Obesidade

O excesso de peso pode sobrecarregar as articulações dos joelhos e aumentar o risco de desalinhamentos.

Quem tem joelhos varos ou valgos pode fazer exercícios? Existe alguma limitação?

Pessoas com joelhos varos ou valgos podem fazer exercícios, mas é importante que eles sejam orientados por um profissional de saúde qualificado e experiente, como um fisioterapeuta ou um treinador pessoal especializado em lesões ortopédicas.

Esses profissionais podem ajudar a desenvolver um programa de exercícios seguro e eficaz, que ajude a fortalecer os músculos das pernas e a melhorar o alinhamento dos joelhos.

Pessoas com joelhos varos ou valgos podem fazer exercícios, mas é importante que eles sejam orientados por um profissional de saúde qualificado e experiente, como um fisioterapeuta ou um treinador pessoal especializado em lesões ortopédicas.

É importante ressaltar que pessoas com desalinhamento do joelho podem ter limitações em certos tipos de exercícios e devem evitar atividades que sobrecarreguem as articulações, como corrida em superfícies duras ou saltos repetitivos.

Além disso, eles devem prestar atenção aos sinais de dor ou desconforto e ajustar a intensidade ou a duração dos exercícios conforme necessário.

Exercícios que podem ajudar a fortalecer os músculos das pernas e melhorar a estabilidade dos joelhos incluem agachamentos, levantamento de peso com as pernas, flexões de perna e extensões de perna.

Exercícios de baixo impacto, como caminhada, natação e ciclismo, também podem ser benéficos.

Em resumo, é possível fazer exercícios mesmo com joelhos varos ou valgos, mas é importante procurar orientação de um profissional de saúde para desenvolver um programa de exercícios seguro e eficaz, que leve em consideração as limitações individuais.

Fisioterapia, Geno Varo e geno valgo

A fisioterapia é fundamental para pessoas com geno varo e geno valgo, pois ajuda a melhorar a força muscular, a flexibilidade e o equilíbrio, o que pode ajudar a prevenir o agravamento do desalinhamento do joelho e reduzir os sintomas associados.

Um fisioterapeuta pode criar um programa de exercícios específico para cada indivíduo, com exercícios de fortalecimento e alongamento dos músculos das pernas e quadris.

Além disso, o fisioterapeuta pode ensinar técnicas de controle de dor e de redução de inflamação, que podem ser úteis para pessoas com artrite ou outras condições que possam estar contribuindo para o desalinhamento do joelho.

Outros tratamentos fisioterapêuticos que podem ser úteis incluem a terapia manual, que pode ajudar a reduzir a tensão muscular e melhorar a mobilidade articular.

A fisioterapia é fundamental para pessoas com geno varo e geno valgo, pois ajuda a melhorar a força muscular, a flexibilidade e o equilíbrio, o que pode ajudar a prevenir o agravamento do desalinhamento do joelho e reduzir os sintomas associados.

Em resumo, a fisioterapia desempenha um papel importante no tratamento e na gestão de geno varo e geno valgo, ajudando as pessoas a melhorar sua força, flexibilidade e equilíbrio, reduzir os sintomas e prevenir a progressão da condição.

Palmilhas podem ajudar joelho valgo ou joelho varo?

Palmilhas podem ser uma opção de tratamento para ajudar a corrigir o alinhamento do joelho em pessoas com geno valgo ou geno varo, mas isso depende da causa subjacente do desalinhamento e da gravidade da condição.

As palmilhas podem ser usadas para fornecer suporte extra aos pés e ajudar a corrigir o alinhamento dos joelhos, o que pode reduzir a dor e a sobrecarga nas articulações.

Elas também podem ser projetadas para distribuir a pressão de maneira mais uniforme ao longo do pé, o que pode ajudar a reduzir a carga nas áreas afetadas.

No entanto, é importante lembrar que as palmilhas devem ser prescritas por um profissional de saúde qualificado, como um podólogo ou um fisioterapeuta, que possa avaliar a condição individual de cada pessoa e determinar se as palmilhas são adequadas para elas.

Além disso, as palmilhas devem ser feitas sob medida para garantir que elas se encaixem corretamente nos pés e ofereçam o suporte necessário.

O tratamento que vai devolver a saúde dos seus membros inferiores

fisioterapeuta analisando joelho de paciente

A proposta do Instituto TRATA está fundamentada no conceito de inovação, no que se refere ao tratamento de membros inferiores (quadril, joelho e pé).

A garantia de resultados eficazes reflete os procedimentos adotados pela equipe:

Avaliação clínica detalhada

O paciente é submetido a uma avaliação clínica detalhada, feita por um especialista da equipe.

É esse primeiro passo que viabiliza um direcionamento específico ao tratamento, de acordo com o quadro particular de cada paciente.

 Fisioterapia ortopédica e esportiva: avaliação

Avaliação cinemática dos movimentos do corpo

A seguir, o paciente é levado a uma avaliação cinemática dos movimentos do corpo. A finalidade é analisar como os ossos e os músculos estão organizados na reação à gravidade e às forças atuantes no corpo humano. Para isso, utilizamos um software exclusivo de análise de movimento chamado TrataScan, cuja tecnologia avançada permite detectar quaisquer alterações na força ou funcionalidade das estruturas que acabam levando a um quadro inflamatório ou doloroso, por exemplo.

Assimetrias, padrões motores, lesões associadas, existência de compensações e quais estruturas devem ser trabalhadas são alguns pontos que podem ser avaliados durante essa etapa.

 Fisioterapia ortopédica e esportiva: avaliação cinemática 2D

Protocolo de tratamento das lesões dos membros inferiores

O último passo consiste na aplicação do protocolo de tratamento das lesões dos membros inferiores, formulado pela rede e baseado em evidências científicas.

O foco se concentra no alinhamento biomecânico dos membros inferiores com o objetivo final de melhora do quadro do paciente (sem recidivas) e, por conseguinte, de uma maior qualidade de vida.

 Fisioterapia ortopédica e esportiva: exercício de fortalecimento

Nenhum atendimento é padrão. Avaliamos as necessidades específicas de cada paciente e montamos a abordagem de tratamento mais assertiva para cada quadro.

A tecnologia faz parte do nosso programa de tratamento com o objetivo de oferecer aos pacientes o que há de mais avançado no tratamento conservador de Fisioterapia.

Agendar sua Avaliação

Esse Guia Exclusivo foi elaborado pelos Fisioterapeutas do maior grupo especializado da América Latina.

Preencha os dados para receber acesso de forma segura: