Reabilitação de Joelho

Já ouviu falar em reabilitação de joelho?

O joelho é uma das articulações mais complexas do organismo. Graças a ela, é possível realizar diversos movimentos e uma vez que há alguma lesão em algum dos seus componentes, a mobilidade do indivíduo fica seriamente prejudicada. 

Agendar sua Avaliação

Mas quando se fala em reabilitação de joelho, deve-se primeiramente entender quais são as estruturas que podem sofrer danos no joelho, bem como do tratamento, uma vez que a recuperação depende do dano sofrido, bem como do resultado do tratamento em si. 

Estruturas Do Joelho

pessoa deitada fazendo reabilitação de joelho
A reabilitação de joelho involve o tratamneto de várias estruturas.

A articulação do joelho é composta pela inter-relação de três ossos (fêmur, tíbia e fíbula), por meio de estruturas ligamentares e contendo em seu interior um osso denominado patela e uma cápsula sinovial, com líquido sinovial fazendo a hidratação e lubrificação de todas as estruturas. 

O impacto dessa articulação é absorvido pelo menisco e também pela cartilagem articular. O menisco é uma fibrocartilagem e existem dois, o menisco lateral e o medial. 

Agendar sua Avaliação

Em relação aos ligamentos, existem quatro ligamentos principais na estrutura do joelho: 

  1. Ligamento cruzado anterior (LCA): limita o deslocamento anterior da tíbia e deslizamento posterior do fêmur; 
  2. Ligamento cruzado posterior (LCP): limita o deslocamento posterior da tíbia e deslizamento anterior do fêmur; 
  3. Ligamento colateral medial: limita a abertura medial do joelho; 
  4. Ligamento colateral lateral: limita a abertura lateral do joelho. 

Existem diversas estruturas musculares que têm suas inserções nas estruturas do joelho. Além disso, há músculos que compõem a estrutura, responsáveis por diversos movimentos do joelho. Dentre eles, pode-se destacar: 

  1. Movimento de extensão do joelho: músculos vasto lateral, vasto medial, vasto intermédio e reto femoral; 
  2. Movimento de flexão do joelho: bíceps femoral, semitendinoso e semimembranoso; 
  3. Rotação medial do joelho: sartório.

Sintomas de Lesões no Joelho

O principal sintoma de algum problema no joelho é sempre a dor. 

A dor é o sinal que organismo dá que algo está errado, portanto, nunca deve-se ignorar dor por mais de alguns dias. 

Mas alguns outros sintomas podem estar presentes, como inchaço no local, vermelhidão e aumento de temperatura, bem como dificuldade de movimentação. 

Fatores De Risco Para Problemas No Joelho 

Algumas situações aumentam a chance do indivíduo vir a ter problemas no joelho. Tais situações são: 

  1. Obesidade; 
  2. Falta de atividade física (sedentarismo); 
  3. Envelhecimento; 
  4. Falta de fortalecimento muscular adequado (sobretudo para atletas, mais propensos à lesão); 
  5. Diabetes;
  6. Presença de doenças degenerativas já diagnosticadas; 
  7. Fumo; 
  8. Realização de atividades físicas constantes sem supervisão e com grande aumento de carga ou intensidade; 
  9. Uso de saltos durante muito tempo.

Principais Lesões no Joelho

pessoa com uma das pernas dobradas fazendo reabilitação de joelho com especialista
Há várias lesões que podem ser tratadas com reabilitação de joelho.

1 – Lesões traumáticas no joelho

Essas lesões geralmente são associadas a acidentes ou esportes com contato físico. As mais comuns são o rompimento de ligamentos (o LCA, por exemplo, é um dos ligamentos mais rompidos no futebol) e rompimento de menisco

Outra lesão comum é a luxação patelar, quando osso da patela é deslocado, por meio de um impacto, de seu local, exigindo tratamento com reposicionamento ósseo e fisioterapia. 

Geralmente, lesões traumáticas têm tratamento cirúrgico, associado a sessões de fisioterapia no pós-operatório para melhorar a mobilidade. 

2 – Doenças Degenerativas 

Diversas doenças degenerativas, como artrite e artrose, têm manifestações no joelho, levando a dores na região e, sem tratamento, a mobilidade também fica prejudicada. 

Portanto, indivíduos que já tiveram diagnóstico dessas doenças podem apresentar dores no joelho. 

O tratamento no caso é multidisciplinar, para melhora da sintomatologia. 

3 – Lesões Ligadas À Prática Esportiva Constante 

Algumas lesões, como a condromalácia patelar, são associadas à prática esportiva constante, com falta de fortalecimento das estruturas musculares envolvidas e consequente amolecimento da cartilagem. 

O tratamento envolve fortalecimento das estruturas do joelho. 

Já a tendinite patelar envolve a inflamação do tendão da patela, que nos casos bem mais graves e não-tratados da doença, pode até se romper. A fisioterapia é indicada logo no início, para que o quadro não evolua para o rompimento. 

Outras lesões, como a síndrome da banda iliotibial, não envolvem como causa direta uma estrutura do joelho, mas sim a falta de fortalecimento de uma estrutura fibrosa na lateral da coxa, cuja inserção ocorra na lateral do joelho, por isso a dor surge na lateral da articulação. 

4 – Outras Lesões No Joelho

A sinovite ocorre quando há inflamação da membrana sinovial, com dor e inchaço no local. Muitas pessoas chamam essa situação de “água no joelho”. 

O acúmulo de líquido sinovial pode levar a um quadro clínico denominado cisto de Baker, no qual há acúmulo de líquido na região posterior do joelho. 

Nessas situações, é importante identificar a situação, tirar o paciente do quadro de dor aguda, com a prescrição por um médico ortopedista de analgésicos e anti-inflamatórios, bem como compressas frias. 

Reabilitação Do Joelho – Fisioterapia

pessoa fazendo reabilitação de joelho com fisioterapia
A reabilitação de joelho pode ser feita com fisioterapia.

Se você teve diagnóstico de uma lesão no joelho, fez ou não fez cirurgia, a fisioterapia deve ter sido indicada pelo seu médico ortopedista. 

A fisioterapia faz parte de toda reabilitação de lesões no joelho, uma vez que com a fisioterapia é possível realizar fortalecimento muscular, melhorar o quadro de dor e reduzir processos inflamatórios, com as diferentes técnicas disponíveis para cada caso. 

Pacientes que chegam com dor à fisioterapia podem fazer uso de recursos eletrterapêuticos e aplicação de laser. 

Exercícios específicos de fortalecimento muscular, sob comando do fisioterapeuta, são fundamentais para a melhora da mobilidade e bom funionamento muscular. 

Reabilitação Do Joelho – Exercícios 

Quando se pensa em reabilitação do joelho, é importante lembrar que manter o organismo saudável e com movimentação é fundamental. 

A obesidade e a falta de atividade física são fatores de risco para problemas no joelho. Portanto, fazer atividade física e manter-se dentro do peso ideal é muito importante. 

Para aqueles que fizeram cirurgia, o joelho deve se manter sem peso por algum tempo, com o indivíduo usando muletas. Mas, ao contrário do que se pensava antes, quanto antes o indivíduo conseguir retomar suas atividades físicas regulares, melhor. 

Alguns tipos de exercícios são bastante proveitosos e interessantes para pessoas que já tiveram problemas no joelho ou vem de cirurgias na articulação. 

Os principais exercícios indicados são aqueles que não concentram força na região operada. Nesse sentido, Pilates e exercícios como hidroginástica e natação são bastante interessantes, pois permitem um bom recrutamento muscular gerando maior mobilidade articular e não sobrecarregando a estrutura operada. 

Exercícios para fortalecimento do joelho devem ser somente feitos sob orientação de um profissional, uma vez que um exercício simples, cujo resultado pode ser negativo, se realizado de maneira inadequada,piorando o estado de dor e o quadro de lesão. 

Portanto, sempre busque um profissional quando for iniciar sua atividade física e o informe sobre seu histórico. 

Reabilitação Do Joelho – Musculação 

A realização de exercícios de musculação por alguém que vem de uma lesão no joelho ou está se recuperando de uma cirurgia no local deve ser sempre realizado sob a supervisão de um profissional. 

Caso o indivíduo foi submetido a um procedimento cirúrgico e teve boa resposta ao tratamento fisioterapêutico, em 3 a 4 meses poderá ser encaminhado a um profissional de educação física, com objetivo de reinserir o indivíduo na atividade física regular. 

Conclusão 

A reabilitação do joelho deve ser cuidadosamente feita, com vários profissionais de diferentes áreas atuando juntos, para que a dor não seja constante e a função seja retomada ou melhorada o quanto antes.

Agendar sua Avaliação