Ressonância Magnética Joelho: Como o Exame Ajuda?

A ressonância magnética joelho, ou RM, é uma ferramenta de diagnóstico comumente usada para avaliar as condições do joelho. Durante uma ressonância magnética, campos magnéticos e ondas de rádio são usados para produzir imagens detalhadas do tecido e estruturas do joelho. Isso permite detectar problemas como lesões ou inflamações, o que pode ajudar a desenvolver um plano de tratamento eficaz para o paciente.

A ressonância magnética joelho, ou RM, é uma ferramenta de diagnóstico comumente usada para avaliar as condições do joelho.

Ressonância magnética joelho: quando é solicitada?

Quando o paciente apresenta alguma fraqueza, inchaço, rigidez ou outros sintomas relacionados ao joelho, pode ser recomendado realizar uma ressonância magnética joelho.

Agendar sua Avaliação

O processo não é invasivo e pode fornecer uma visão valiosa sobre a causa raiz dos sintomas que o paciente apresenta e ajudar na recuperação mais rapidamente do quadro.

Veja algumas situações que podem precisar de RM:

– Casos de artrite;

Agendar sua Avaliação

– Dor ou trauma pós cirúrgico;

– Fraturas;

– Tumores;

– Lesões ligamentares e meniscais;

– Lesões traumáticas.

Nomes similares para o exame

Há alguns nomes similares do exame de ressonância magnética joelho, como Imagem por ressonância magnética (IRM), Ressonância magnética nuclear (RMN), Tomografia por ressonância magnética (TRM) e Imagem de ressonância magnética (MRI, em inglês).

O que a Ressonância Magnética do joelho detecta?

A ressonância magnética joelho é um exame que permite a obtenção de imagens detalhadas das estruturas internas do joelho, como ossos, músculos, tendões, ligamentos, cartilagens e outros tecidos. O exame pode detectar diversas condições e patologias do joelho como:

  • Lesões nos ligamentos;
  • Lesões nos meniscos;
  • Artrite;
  • Tendinite;
  • Fraturas;
  • Cistos poplíteos.

A ressonância magnética do joelho é um exame que permite a obtenção de imagens detalhadas das estruturas internas do joelho.

Como é o preparo para a ressonância?

O preparo para a ressonância magnética pode variar um pouco de acordo com a parte do corpo que será examinada e com as instruções específicas da clínica ou do hospital onde o exame será realizado. No entanto, em geral, os seguintes cuidados são recomendados:

  • Informe ao médico caso tenha algum tipo de implante metálico no corpo;
  • Se você tiver claustrofobia, informe ao médico antes do exame;
  • É recomendado usar roupas confortáveis e sem botões ou zíperes para o exame;
  • Evite o uso de maquiagem e outros produtos que contenham metais;
  • Se for necessário o uso de contraste, o médico irá informar sobre as restrições alimentares antes do exame.

O preparo para a ressonância magnética pode variar um pouco de acordo com a parte do corpo que será examinada e com as instruções específicas da clínica ou do hospital onde o exame será realizado.

Como funciona o exame de ressonância magnética?

O paciente é deitado de barriga para cima em uma maca, esta se desloca para o interior de uma espécie de túnel, que é o equipamento para realizar o exame.

O paciente faz uso de protetores auriculares, por conta do barulho dentro do equipamento e o exame dura, em média, 30 minutos, normalmente. É importante que o paciente não se movimente durante o processo da RM.

O que posso sentir durante o exame?

Durante o exame de ressonância magnética no joelho, é normal sentir algumas sensações e ruídos, que podem variar de acordo com o equipamento utilizado e a parte do corpo que será examinada. Algumas das sensações mais comuns incluem:

  • Ruídos;
  • Sensação de claustrofobia;
  • Calor;
  • Formigamento;
  • Dor.

Ressonância magnética do joelho: o que é observado no exame?

Com o exame é possível obter imagens detalhadas dos ossos e dos tecidos moles. Na verdade, a visão é bastante completa sobre os elementos que compõem a estrutura do joelho: cartilagens, tendões, ligamentos, vasos sanguíneos, músculos.

Quando solicitado, o exame vai ajudar no diagnóstico e, consequentemente, no tratamento mais assertivo.

Ressonância do joelho com contraste

A ressonância magnética do joelho com contraste é um tipo de exame de imagem que utiliza a injeção de um agente de contraste para melhorar a visualização das estruturas internas do joelho. Esse tipo de exame pode ser utilizado quando a ressonância magnética convencional não fornece imagens claras o suficiente para diagnosticar uma condição.

Outros exames mais detalhados

Existem outros exames de imagem que podem fornecer informações detalhadas sobre as estruturas internas do corpo, além da ressonância magnética, como:

  • Tomografia computadorizada (TC);
  • Ultrassonografia;
  • Radiografia;
  • Angiografia;
  • Cintilografia.

O tratamento que vai devolver a saúde dos seus membros inferiores

A proposta do Instituto TRATA está fundamentada no conceito de inovação, no que se refere ao tratamento de membros inferiores (quadril, joelho e pé).

A garantia de resultados eficazes reflete os procedimentos adotados pela equipe:

Avaliação clínica detalhada

O paciente é submetido a uma avaliação clínica detalhada, feita por um especialista da equipe.

É esse primeiro passo que viabiliza um direcionamento específico ao tratamento, de acordo com o quadro particular de cada paciente.

 Fisioterapia ortopédica e esportiva: avaliação

Avaliação cinemática dos movimentos do corpo

A seguir, o paciente é levado a uma avaliação cinemática dos movimentos do corpo. A finalidade é analisar como os ossos e os músculos estão organizados na reação à gravidade e às forças atuantes no corpo humano. Para isso, utilizamos um software exclusivo de análise de movimento chamado TrataScan, cuja tecnologia avançada permite detectar quaisquer alterações na força ou funcionalidade das estruturas que acabam levando a um quadro inflamatório ou doloroso, por exemplo.

Assimetrias, padrões motores, lesões associadas, existência de compensações e quais estruturas devem ser trabalhadas são alguns pontos que podem ser avaliados durante essa etapa.

 Fisioterapia ortopédica e esportiva: avaliação cinemática 2D

Protocolo de tratamento das lesões dos membros inferiores

O último passo consiste na aplicação do protocolo de tratamento das lesões dos membros inferiores, formulado pela rede e baseado em evidências científicas.

O foco se concentra no alinhamento biomecânico dos membros inferiores com o objetivo final de melhora do quadro do paciente (sem recidivas) e, por conseguinte, de uma maior qualidade de vida.

 Fisioterapia ortopédica e esportiva: exercício de fortalecimento

Nenhum atendimento é padrão. Avaliamos as necessidades específicas de cada paciente e montamos a abordagem de tratamento mais assertiva para cada quadro.

A tecnologia faz parte do nosso programa de tratamento com o objetivo de oferecer aos pacientes o que há de mais avançado no tratamento conservador de Fisioterapia.

Agendar sua Avaliação

Esse Guia Exclusivo foi elaborado pelos Fisioterapeutas do maior grupo especializado da América Latina.

Preencha os dados para receber acesso de forma segura: