Sinovite: o que é?

A sinovite é a inflamação da membrana sinovial, que é a camada fina de tecido que reveste as articulações.

A membrana sinovial produz um líquido chamado líquido sinovial, que atua como um lubrificante para as articulações, permitindo que elas se movam suavemente.

Agendar sua Avaliação

Nesse artigo você vai descobrir o que acontece quando essa membrana fica inflamada e qual é o tratamento indicado para essa condição.

Em que locais do corpo a sinovite pode ocorrer?

foto de sinovite

A sinovite pode ocorrer em praticamente qualquer articulação do corpo onde haja membrana sinovial.

Agendar sua Avaliação

As articulações mais comumente afetadas incluem:

Joelhos

A sinovite no joelho é relativamente comum e pode ser causada por condições como artrite reumatoide, osteoartrite, lesões ou infecções.

Quadris

A sinovite no quadril pode ser causada por artrite, lesões ou outras condições inflamatórias.

Tornozelos e Pés

Essas articulações podem desenvolver sinovite devido a artrite, lesões ou outras condições inflamatórias.

Grupos de Risco

foto de sinovite

A sinovite nas articulações, incluindo joelhos, quadris, tornozelos e pés, pode afetar pessoas de diferentes grupos, e vários fatores podem aumentar o risco de desenvolver essa condição.

Alguns dos grupos de risco incluem:

Pessoas com doenças autoimunes

Indivíduos com doenças autoimunes, como artrite reumatoide, lúpus e espondilite anquilosante, têm um risco aumentado de desenvolver sinovite.

Pessoas com histórico familiar

Se houver casos de artrite ou outras condições inflamatórias nas articulações na família, o risco de sinovite pode ser maior.

Idade avançada

O risco de desenvolver sinovite pode aumentar com a idade, especialmente devido ao desgaste natural das articulações.

Lesões articulares anteriores

Pessoas que sofreram lesões nas articulações, como entorses, fraturas ou outras lesões traumáticas, podem estar em maior risco de desenvolver sinovite.

Obesidade

O excesso de peso coloca uma carga adicional nas articulações, aumentando o risco de desenvolver condições articulares, incluindo sinovite.

Atividades de alto impacto ou esportes

Participar de atividades de alto impacto ou esportes que envolvem movimentos repetitivos ou estresse significativo nas articulações pode aumentar o risco de sinovite.

Infecções nas articulações

Infecções articulares, embora menos comuns, podem levar à sinovite.

Pessoas com histórico de infecções articulares podem ter um risco aumentado.

Sexo feminino

Em algumas condições, como artrite reumatoide, as mulheres têm uma probabilidade maior de desenvolver sinovite do que os homens.

Quais são os sintomas?

foto de sinovite

Os sintomas da sinovite podem variar dependendo da causa subjacente e da articulação afetada.

No entanto, em geral, os sintomas comuns da sinovite incluem:

Dor

A dor é um sintoma característico da sinovite.

Pode variar de leve a intensa, dependendo da gravidade da inflamação e da condição subjacente.

Inchaço

A inflamação da membrana sinovial geralmente leva a um acúmulo de líquido sinovial, resultando em inchaço na articulação afetada.

Rigidez

Pode haver rigidez nas articulações, especialmente pela manhã ou após períodos de inatividade.

A rigidez tende a diminuir com o movimento.

Calor

A articulação afetada pode ficar mais quente ao toque devido à inflamação.

Limitação de movimento

A sinovite pode levar à limitação do movimento da articulação, dificultando a realização de atividades cotidianas.

Crepitação

Em alguns casos, pode ocorrer um som de “crepitação” ao mover a articulação afetada, devido à presença de líquido e inflamação.

Vermelhidão

A pele sobre a articulação afetada pode ficar vermelha devido à inflamação.

Sinovite tem cura?

A cura da sinovite depende da causa subjacente da inflamação na membrana sinovial.

Ela é frequentemente um sintoma de outras condições, como já citado anteriormente.

Portanto, o tratamento eficaz da sinovite geralmente envolve abordar e tratar a condição subjacente.

Como funciona o tratamento?

foto de sinovite

Como já foi dito, o tratamento da sinovite depende da causa subjacente da inflamação na membrana sinovial e dos sintomas apresentados pelo paciente.

Diagnóstico da causa subjacente

O primeiro passo é realizar exames clínicos e, muitas vezes, exames de imagem, como radiografias, ressonância magnética ou ultrassonografia, para diagnosticar a causa subjacente da sinovite.

Fisioterapia

A fisioterapia desempenha um papel essencial no tratamento da sinovite, buscando aliviar sintomas, melhorar a função articular e promover a mobilidade. Inicialmente, um fisioterapeuta realiza uma avaliação abrangente para compreender a extensão do problema e identificar áreas afetadas.

Com base nessa avaliação, é elaborado um programa personalizado de exercícios, incluindo exercícios para melhorar a flexibilidade, exercícios de amplitude de movimento (ADM) para tratar a redução da mobilidade e fortalecimento muscular para proporcionar estabilidade à articulação.

Os exercícios são adaptados para fortalecer os músculos ao redor da articulação afetada, visando melhorar a força muscular e a funcionalidade.

Técnicas de controle da dor, como terapia manual, massagem e eletroterapia são utilizadas para ajudar no alívio da dor e redução da inflamação.

Além disso, o fisioterapeuta desempenha um papel educativo, fornecendo orientações sobre autocuidado, postura adequada, uso de órteses e dispositivos de assistência.

O acompanhamento é contínuo, com reavaliações regulares para ajustar o programa de fisioterapia conforme necessário.

O objetivo é não apenas tratar os sintomas, mas também prevenir recorrências, oferecendo orientações sobre medidas preventivas, como exercícios de manutenção e práticas saudáveis.

No geral, a fisioterapia desempenha um papel fundamental no manejo da sinovite, proporcionando uma abordagem não invasiva e personalizada para melhorar a qualidade de vida do paciente.

Gelo

Repouso é muitas vezes recomendado para evitar o estresse adicional nas articulações afetadas.

Aplicação de gelo pode ajudar a reduzir a inflamação e aliviar a dor.

Cirurgia

Em casos graves ou quando outras opções de tratamento não são eficazes, a cirurgia pode ser considerada para remover o tecido sinovial inflamado ou corrigir problemas articulares.

Tratamento da condição subjacente

O tratamento eficaz da sinovite muitas vezes envolve abordar e tratar a condição subjacente, seja ela artrite reumatoide, osteoartrite, gota ou outra.

foto de sinovite

É importante destacar que o tratamento específico pode variar com base na condição subjacente, na gravidade da sinovite e nas necessidades individuais do paciente.

A gestão da sinovite geralmente é realizada por uma equipe de profissionais de saúde.

O acompanhamento especializado regular é essencial para monitorar o progresso do tratamento e ajustar a abordagem conforme necessário.

O tratamento que vai devolver a saúde dos seus membros inferiores

A proposta do Instituto TRATA está fundamentada no conceito de inovação, no que se refere ao tratamento de membros inferiores (quadril, joelho e pé).

A garantia de resultados eficazes reflete os procedimentos adotados pela equipe:

Avaliação clínica detalhada

O paciente é submetido a uma avaliação clínica detalhada, feita por um especialista da equipe.

É esse primeiro passo que viabiliza um direcionamento específico ao tratamento, de acordo com o quadro particular de cada paciente.

 Fisioterapia ortopédica e esportiva: avaliação

Avaliação cinemática dos movimentos do corpo

A seguir, o paciente é levado a uma avaliação cinemática dos movimentos do corpo. A finalidade é analisar como os ossos e os músculos estão organizados na reação à gravidade e às forças atuantes no corpo humano. Para isso, utilizamos um software exclusivo de análise de movimento chamado TrataScan, cuja tecnologia avançada permite detectar quaisquer alterações na força ou funcionalidade das estruturas que acabam levando a um quadro inflamatório ou doloroso, por exemplo.

Assimetrias, padrões motores, lesões associadas, existência de compensações e quais estruturas devem ser trabalhadas são alguns pontos que podem ser avaliados durante essa etapa.

 Fisioterapia ortopédica e esportiva: avaliação cinemática 2D

Protocolo de tratamento das lesões dos membros inferiores

O último passo consiste na aplicação do protocolo de tratamento das lesões dos membros inferiores, formulado pela rede e baseado em evidências científicas.

O foco se concentra no alinhamento biomecânico dos membros inferiores com o objetivo final de melhora do quadro do paciente (sem recidivas) e, por conseguinte, de uma maior qualidade de vida.

 Fisioterapia ortopédica e esportiva: exercício de fortalecimento

Nenhum atendimento é padrão. Avaliamos as necessidades específicas de cada paciente e montamos a abordagem de tratamento mais assertiva para cada quadro.

A tecnologia faz parte do nosso programa de tratamento com o objetivo de oferecer aos pacientes o que há de mais avançado no tratamento conservador de Fisioterapia.

Agendar sua Avaliação

Esse Guia Exclusivo foi elaborado pelos Fisioterapeutas do maior grupo especializado da América Latina.

Preencha os dados para receber acesso de forma segura: